Julgamento de Carli Filho já pode ser marcado, diz o MP | Fábio Campana

Julgamento de Carli Filho já pode ser marcado, diz o MP

do Bem Paraná

O Ministério Público do Paraná (MP-PR), enviou, nesta segunda-feira (20), ao juiz da Segunda Vara do Tribunal do Júri, um parecer sobre o caso do ex-deputado Luiz Fernando ribas Carli Filho, onde se “manifesta pelo imediato prosseguimento do fato”, ou seja, que o julgamento pelo Tribunal do Júri seja marcado. O documento do MP-PR é assinado pelo promotor Marcelo Balzer Correia. Carli Filho é acusado da morte de dois jovens em um acidente de trânsito em maio de 2009. A informação foi divulgada pelo advogado Elias Mattar Assad, que atua como assitente de acusação, representando a família Yared.

O julgamento do ex-deputado chegou a ser marcado, mas a defesa recorreu, inclusive para o Supremo Tribunal Federal (STF). No começo do mês, a liminar no STF foi cassada pelo ministro Gilmar Mendes e a Segunda Vara do Tribunal do Júri de Curitiba comunicada oficialmente.

A defesa de Carli Filho insiste na tese de que o caso não é doloso. Já a acusação se apoia no fato do carro dirigido pelo ex-deputado estar a uma velocidade muito acima do limtie da via (167 km/h, segundo laudos), e ainda ter bebido. Por isso a tese da acusação é de que o caso é doloso, ou seja, que ele assumiu o risco.

Para ao assistente de acusação, o júri do ex-deputado pode acontecer ainda no começo do próximo ano.


Um comentário

  1. Lindalva Cristina
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 8:16 hs

    Nando Loco, você tá enrolando na justiça, mas vai pagar multiplicado este tempo que esta em liberdade! AH VAI!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*