Escrava de luxo | Fábio Campana

Escrava de luxo

Ministra Luislinda Valois: “A situação, sem sombra de dúvidas, se assemelha ao trabalho escravo, o que também é rejeitado, peremptoriamente, pela legislação brasileira desde os idos de 1888 com a Lei da Abolição da Escravatura”.

Augusto Nunes: “Luislinda Valois, ministra dos Direitos Humanos, num trecho do documento com mais de 200 páginas em que pediu ao governo autorização para receber tanto o salário de desembargadora aposentada quanto o de integrante do primeiro escalão, o que lhe permitiria embolsar mensalmente R$ 61.400, informando que todo brasileiro negro contemplado com menos de R$ 33.700, cifra que aparece em seu holerite, é escravo”.


14 comentários

  1. Priscilla
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 9:55 hs

    É o fim da picada!

  2. Tarzan
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 10:05 hs

    É muito cara de pau essa mulher, realmente o povo brasileiro que sustenta essa caterva temos que ser chamados de OTÁRIOS.
    O nome dessa figura deveria ser LUISLINDA (que de linda não tem nada) VELOZ, ela é muito rápida!

  3. henry
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 11:15 hs

    ESTA folgada JÁ TINHA QUE TER SIDO DEMITIDA DO CARGO DE “ministra”. MINISTRA DO QUÊ MESMO???

  4. Palpiteiro
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 11:19 hs

    Linda só no nome. Deve ser descendente dos Valois de França, uma nobre entre plebeus pobres…

  5. A CULPA É DO FHC
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 11:35 hs

    O BRASIL HÁ UM REGIME DE CASTAS CADA VEZ MAIS VISÍVEL.

    MAGISTRADOS, PROMOTORES, PROCURADORES, O FUNCIONALISMO PÚBLICO EM GERAL, SEM EXCEÇÃO ALGUMA, ESTÁ TOTALMENTE DISTANCIADO DA REALIDADE DO DIA-A-DIA.

    VEJAM O DISPARATE DESSA SENHORA QUE ACHA QUE GANHAR MAIS DE 30 MIL REAIS É UM AFRONTE. QUER GANHAR 60 MIL. DOS COFRES PÚBLICOS, SUSTENTADOS PELOS BRASILEIROS QUE GANHAM EM MÉDIA 3 MIL REAIS.

    TEVE A SORTE DE PASSAR EM UM CONCURSO PÚBLICO, QUE ASSEGURA MORDOMIAS E REGALIAS. SER CHAMADA PARA COMPOR O MINISTÉRIO DO GOVERNO MAIS IMPOPULAR QUE O BRASIL JÁ TEVE E AINDA QUER 60 MIL POR MÊS.

    DEVERIA ESSA SENHORA IR PARA A GUILHOTINA, SAFADA, MAL CARÁTER, CRETINA, LADRA DO DINHEIRO PÚBLICO.

    GUILHOTINA NELA.

    SE O BRASIL NÃO INSTITUIR URGENTEMENTE A GUILHOTINA VAMOS TER QUE SUSTENTAR ESSE TIPO DE GENTE POR MAIS TEMPO.

    O ÚNICO DIREITO HUMANO QUE ENTENDO PARA ESSE TIPO DE GENTE É GUILHOTINA!!!!!!!!!!!!!!

  6. Simões
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 11:53 hs

    “Negro que ganha menos do que 33.700 é escravo”. Ai o racista é o branco.

    Sinceramente, este país perdeu o rumo. Uma pessoa desembargadora, que deveria primar pela justiça e a ordem pública, vem a público e diz uma asneira destas.

    Perdeu a compostura do cargo, teria que ser demitida sumariamente, aliás como alguém frisou ai acima, tem gente que nem sabe que ela é ministra, e sequer de quê.

  7. eleitor desmemoriado
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 12:24 hs

    Presidento aí está uma ótima chance de faturar, peça o cargo de volta desta pobre desembargadora aposentada, é indigno pedir que ela trabalhe de graça, Nos recusamos a aceitar que ela trabalhe de graça, em condições análogas á escravidão.

  8. Edson
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 15:15 hs

    E ela, será que pensou nos negros que ganham o salário mínimo (que foi diminuído em quatro reais), os quais pagam impostos e ajudam a pagar o salário dela?

  9. Edson
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 15:18 hs

    Ah, mais uma coisinha: está institucionalizada a pouca vergonha!

  10. Iara Batista
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 16:02 hs

    Falta vergonha na cara… falta caráter à mulher. Nem vou chamar de Senhora pois isso não merece nehum respeito….

  11. JÁ ERA...
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 16:44 hs

    Nunca em momento algum ouvi uma Ministra dos Direitos Huma-
    nos rogar praga contra esta fortuna que ganha como aposentada.
    Pobre mulher… com certeza esqueceu que a grande maioria dos
    brasileiros não atingem o salário mínimo de aposentadoria e nem
    por isso são cretinos ao ponto de se comparar à escravidão.
    Precisa ser enforcada em praça pública !!!

  12. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 16:46 hs

    …garanto que as gavetas da mesa dela estão lotadas de processos à espera de tramitação. Como, aliás, os de todos os outros seus colegas. Eu disse todos.

  13. sexta-feira, 3 de novembro de 2017 – 17:46 hs

    É velho Parreira estou aqui a imaginar o coitado do assalariado (mínimo) que acaba de ter desconto de 4,00 se não estou enganado, agora essa idiota diz que 33.000,00 é escravo. Se ela tivesse um mínimo de vergonha pediria pra sair da teta do governo e se o nosso respeitável governo fosse sério daria um chute em seu traseiro.

  14. sábado, 4 de novembro de 2017 – 9:40 hs

    ESSA DESEMBARGADORA MULHER, DEVERIA GANHAR UMA MEDALHA DE SANGUE. ELE DERRUBOU UM MITO QUE ATÉ AGORA QUASE TODOS ACREDITAVAM!!!
    EX: MULHER É SEXO FRÁGIL, MULHER NEGRA É DESPRESIVEL NO BRASIL, MULHER, MULHER, MULHER ETC. PORRA NENHUMA, SÃO SÓ SERES HUMANOS QUERENDO PEIDAR COM A BUNDA DO CONTRIBUINTE!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*