André Vargas tentou, mas não deu certo | Fábio Campana

André Vargas tentou,
mas não deu certo

O ex-deputado petista André Luiz Vargas Ilário encaminhou recurso para o STF com o objetivo de retirar de Curitiba a ação penal em que foi condenado a quatro anos e meio de prisão por lavagem de dinheiro.
Na liminar, os advogados dizem que o fato investigado não tem relação com a Lava Jato, logo, não poderia ser julgado por Sergio Moro.
Mas o ministro Celso de Mello negou a liminar e Vargas será julgado por Moro.
Ele foi cassado na Câmara dos Deputados pelo envolvimento com o doleiro Alberto Youssef e é acusado de ter recebido R$ 2,4 milhões em propina para, em troca, favorecer uma empresa de tecnologia.


Um comentário

  1. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 8 de novembro de 2017 – 15:11 hs

    André Vargas se fosse do PSDB estaria lá no congresso vendendo o Brasil com eles,mas..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*