Alvaro não aceita infiéis | Fábio Campana

Alvaro não aceita infiéis

Após aceitar o convite do presidente Michel Temer para assumir o Ministério de Cidades, o deputado Alexandre Baldy (GO) poderá enfrentar um processo de desligamento do seu partido, o Podemos, agora comandado pelo senador Alvaro Dias. Ele deve se filiar ao PP, que, assim, recupera o controle sobre um ministério que sempre foi ocupado por um dos seus representantes.

Parte do Podemos deseja aderir ao governo federal, mas outra parte, liderada pela sua presidente, Renata Abreu (SP), e pelo senador Álvaro Dias (PR), pretende chegar às eleições de 2018 o mais distante possível do atual governo. Dias é pré-candidato a presidente da República.

O Podemos é tão rachado quanrto o PSDB, no apoio ao governo. Fonte ligada à cúpula do Podemos informou ao Diário do Poder que o convite ao deputado Baldy não surpreendeu o partido, porque ele sempre teve uma atitude de apoio ao governo, mas “se o presidente acha que com isso ganha nossa adesão no Congresso, está muito egnanado”.

Confirmada a nomeação de Baldy no Ministério de Cidades e sua filiação ao PP, seu novo partido poderá perder o Ministério da Saúde ou a presidência da Caixa. É improv[avel que o PP acumule os três órgãos.


6 comentários

  1. segunda-feira, 20 de novembro de 2017 – 19:06 hs

    OQUE OS CARAS NÃO FAZ EM TROCA DE VOTO HEÍN?
    NÃO É DE GRAÇA QUE O MODELO POLITICO ESTÁ PROSTITUIDO NÉ!

  2. Chibata
    segunda-feira, 20 de novembro de 2017 – 22:17 hs

    Evidente que o interesse pessoal e de grupelhos em vantagens prevalece acima das prioridades da NAÇÃO. Atitudes condizentes dos vassalos asseclas deste sistema vigente irracional – corrupto e podre.

  3. tadeu rocha
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 8:42 hs

    UM POLITICO SEM MANCHA COMO NOSSO SENADOR, POVO CRÉTICA , FALAM DELE, O POVO SABE QUEM É LADRÃO ETC… COMO ESSES PT. QUE VERGONHA BRASILEIROS TOMEM VERGONHA NESSA CARA.

  4. Maquiavel
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 10:24 hs

    Certo está o AD…deve se dedicar a campanha, mostrar que não é de subir no muro. Assumir posição.

    O povo quer candidatos com posição, chega de camaleões.

  5. henry
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 10:52 hs

    ESTE ÁLVARO É UM MENTIROSO. ELE NÃO SERÁ CANDIDATO A PRESIDENTE. NÃO TEM NEM CACIFE PRA ISSO. SÓ TEM VONTADE E QUER A ATENÇÃO DA MÍDIA. ELE É CANDIDATO AO GOVERNO DO PARANÁ.

  6. quarta-feira, 22 de novembro de 2017 – 16:01 hs

    Não voto nele e nem no irmão em qualquer cargo que se candidataram

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*