Absolvição sumária negada | Fábio Campana

Absolvição sumária negada

Defesa queria declaração de inocência da ex-primeira-dama; para desembargadores, apenas a extinção da punição já é suficiente em casos de óbito

O TRF4 negou hoje a ‘absolvição sumária’ para a ex-primeira dama Marisa Letícia. A defesa do ex-presidente Lula havia pedido o reconhecimento da inocência de Marisa nas duas ações penais nas quais ela era ré e não a mera extinção de punibilidade por sua morte.
No processo do famoso triplex, em que Lula foi denunciado e condenado a uma pena de 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Marisa também era ré. Com o falecimento, o juiz Moro decretou a extinção de sua punibilidade.
Na sessão para analisar o caso, os três desembargadores da turma que analisa os processos da Lava Jato, João Pedro Gebran, Leandro Paulsen e Victor Luiz Laus, consideraram que a questão já estava resolvida pela primeira instância, uma vez que já estava claro que Marisa não seria mais punida. “Se isso se dá na forma da absolvição sumária ou posteriormente, com a extinção da punibilidade, é irrelevante do ponto de vista material”, afirmou Gebran, relator do recurso.

(Foto: Leonardo Soares/Xinhua/Agência Estado)


2 comentários

  1. BETO
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 15:26 hs

    O vagabundo tentou pois se conseguisse seria fácil demais livrar o couro dele.

    esse pilantra nunca se preocupou com a morte da ladra mulher mas a JUSTIÇA esta mostrando que o couro dele esta armado.

    Lula, o brasil inteirinho quer te ver na CADEIA seu verme. Você é o culpado por tudo o que esta acontecendo, pela quebradeira, pela falência do estado. Vc é um LIXO, um câncer para o Brasil

  2. Sergio Silvestre
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 20:35 hs

    oS COMPADRES DO moro SÃO ESSAS MERDAS HUMANAS AI.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*