Uber mais caro em Curitiba | Fábio Campana

Uber mais caro em Curitiba

Com a regulamentação em Curitiba, o aplicativo Uber anunciou, nesta segunda-feira (9), que deve aumentar o chamado Custo Fixo, que cobre as ações operacionais adicionais exigidas pela prefeitura, de R$ 0,75 para R$ 1,20. A empresa já está credenciada como Administradora de Tecnologia em Transporte Compartilhado e tem um prazo para cumprir as mudanças determinadas pela lei.

Segundo o representante do Uber em Curitiba, Guilherme Machado, o valor inclui o preço público a ser repassado para a prefeitura e não vai causar impacto no bolso do passageiro. “Esse preço já existe para cobrir os custos operacionais e manter o aplicativo funcionando. Na prática, para o usuário, a diferença será de R$ 0,45. Se antes, por exemplo, a corrida dava R$ 8, com o aumento, o valor será de R$ 8,45. Mas nada além disso”, disse ele. As informações são da Banda B.

De acordo com Machado, a empresa e os funcionários ainda estão se adaptando às mudanças exigidas pela lei. “Nós temos tempo, devagar as coisas vão acontecendo. A situação mais delicada é a dos carros locados, com placas de outros estados, que precisam se adequar. Mas o resto da frota, que não usa locadoras, já é de Curitiba”, completou.

Em comunicado, a empresa informou que “segue com sua missão de oferecer uma opção de mobilidade acessível e eficiente para seus usuários ao mesmo tempo em que proporciona uma oportunidade de geração de renda para os motoristas parceiros”.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*