Sírio-libanês confirma que advogado de Lula não fez visita | Fábio Campana

Sírio-libanês confirma que advogado de Lula não fez visita

Radar Online, VEJA

O Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, confirmou ao juiz Sergio Moro que não encontrou registros de visitas de Roberto Teixeira no ano de 2015.

É a segunda vez que a instituição confirma o fato, ambas a pedido do magistrado de Curitiba.

A requisição de Moro foi feita após o engenheiro Glaucos da Costamarques afirmar que Teixeira foi ao seu encontro para que assinasse os recibos do pagamento do aluguel de Lula enquanto esteve internado no hospital, em 2015.

Segundo a força-tarefa da Lava-Jato, Glaucos da Costamarques atuou como laranja do ex-presidente no recebimento de supostas propinas da empreiteira Odebrecht. Ele é primo do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula.

De acordo com os procuradores do Ministério Público Federal, a empreiteira pagou a compra do apartamento, que está no nome de Glaucos da Costamarques.

Na mesma ação penal, Costamarques responde por também ter supostamente recebido da empreiteira terreno onde seria sediado o Instituto Lula. O local tem valor de R$ 12,5 milhões.


2 comentários

  1. Jose Nascimento
    sábado, 21 de outubro de 2017 – 8:56 hs

    E então? o mineirinho amigão da lava jato, foi pego com 2bi, e que o mundo todo viu, e esta solto, que pais e esse, em que a justiça e macha para prender os quadro famosos “p” Quem vai financiar o próximo filme A JUSTIÇA E PARA OS “p” OU PARA ALGUNS.

  2. Jair Pedro
    sábado, 21 de outubro de 2017 – 12:38 hs

    Pergunta que não cala: por que todos os que estiveram próximos ao
    ex-presidente Lula, quer como indicado por ele para algum cargo e/ou amigo, estão envolvidos em sujeira?
    Todos. Não se salva um. Lula é uma carniça rodeado de urubus.
    Desafio aos admiradores de Lula a declinar um único nome que seja portador de honestidade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*