Para opositores, Lula candidato é melhor que Lula inelegível | Fábio Campana

Para opositores, Lula candidato
é melhor que Lula inelegível


Líder em todas as pesquisas de opinião para Presidência da República em 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda é uma incerteza na disputa. O petista pode acabar caindo na Lei da Ficha Limpa se o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) concordar ou aumentar a pena imposta em primeira instância ao petista pelo juiz Sergio Moro na Lava Jato. Para os demais candidatos, porém, o melhor cenário é o que tem Lula na disputa presidencial no ano que vem.

A última pesquisa* realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que o cenário pouco muda sem o ex-presidente na disputa. O segundo colocado nas pesquisas, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), cresce menos de 1% na disputa sem o petista. Outro forte candidato, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), cresce 2% sem Lula disputando o Palácio do Planalto.

Para o cientista político Marcio Coimbra, há duas situações que precisam ser analisadas caso o ex-presidente fique de fora da disputa eleitoral no ano que vem. A primeira é Lula inelegível por decisão da Justiça e a segunda é Lula preso depois de uma condenação em segunda instância.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu recentemente que as penas devem começar a ser cumpridas a partir de julgamento em segunda instância, o que no caso de Lula seria o julgamento no TRF-4. O presidente da Corte já adiantou que a expectativa é julgar o caso dele antes das eleições.

“O Lula preso é muito melhor que o Lula inelegível”, diz Coimbra. “Inelegível ele vai usar a tese da perseguição, do golpe e de que forças ocultas tiraram ele do pleito. Ele pode cacifar alguém para chegar ao segundo turno. O Lula preso faria menos estrago”, analisa.

O levantamento do Paraná Pesquisas mostrou que Lula tem 26,6% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro aparece com 18,5% e Doria com 11,5%. Sem o petista, Bolsonaro ocupa o primeiro lugar na disputa, mas com um aumento quase insignificante nas intenções de voto: o deputado salta para 19,6%. Nesse caso, Doria perde o segundo lugar para Marina Silva (Rede), que passa de 9,7% das intenções de voto no cenário com Lula para 15,4% no cenário sem o petista. O prefeito de São Paulo fica em segundo lugar na pesquisa com Lula, com 11,5%, e em terceiro sem o ex-presidente, com 13,5%.

A maior parte do eleitorado que declara voto em Lula migra para a pré-candidata Marina Silva se o ex-presidente não estiver na disputa. É o caso de 21,5% dos eleitores. Bolsonaro herdaria 4,5% dos votos que seriam de Lula e Doria, 7,5%.

Segundo Coimbra, no caso de Bolsonaro, é melhor que Lula seja candidato. “Quanto mais ele antagoniza com o Lula, mais ele cresce. É melhor ele ter esse oposto para poder crescer”, analisa. Segundo o cientista político, sem Lula, tanto Doria quanto Bolsonaro devem tentar um antagonismo com o PT, que perde força.

Melhor perder nas urnas

Para Coimbra, independentemente de quais candidatos seriam beneficiados por uma eventual inelegibilidade de Lula em 2018, o melhor para apaziguar a crise política no país seria que o ex-presidente pudesse concorrer no ano que vem. “Para a democracia é sempre melhor o embate nas urnas do que no Judiciário”, diz.

O cientista político afirma, ainda, que caso fique inelegível, o ex-presidente saberá explorar bem a situação e pode ajudar na campanha de outro nome do PT. “Tornar Lula inelegível sem prendê-lo embola o jogo eleitoral”, conclui.

João Doria parece concordar com a análise de Coimbra. Em entrevista à revista Época, o tucano disse achar melhor que o ex-presidente possa concorrer em 2018. E afirmou que prender Lula não seria uma boa alternativa para o país.

“Isso não deveria acontecer. Prender Lula durante o processo eleitoral pode ter um custo muito alto para o Brasil. Seria preferível que esse julgamento final pudesse vir depois das eleições. É melhor ter Lula derrotado pelo voto do que derrotado pela prisão. Ele vai proclamar que é vítima”, disse o prefeito.

Doria afirmou na entrevista que, mesmo liderando as pesquisas de intenção de voto, Lula vai perder as eleições se concorrer.

Ameaça

Lula já demonstrou que, mesmo inelegível, não deve ficar de fora das eleições no ano que vem.Em evento no início do mês, o ex-presidente desafiou seus acusadores a ver o que acontecerá no país se o impedirem de ser candidato ao Palácio do Planalto em 2018.

“Eles agem todo santo dia para me tirar da disputa. Obviamente que eles podem. Juntam meia dúzia de juiz e votam. Não me deixam ser candidato e pronto. Se eles acham que, me tirando da disputa, está resolvido o problema deles, façam e vamos ver o que acontece no país. Se acham que não vou ter força para ser cabo eleitoral, testem”, afirmou o petista.

* A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 22 de setembro de 2017 e ouviu 2.040 eleitores de todo o país. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos e o grau de confiança atinge 95%.


11 comentários

  1. Rr
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 17:23 hs

    Quem vai fazer justiça,vai ser a população,esse marginal não vai conseguir por os pés 8mundos nas ruas,vai ser linchado.

  2. Rock
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 17:44 hs

    Chorem quanto quiserem mas Lula será presidente diante desses candidatos horríveis que a direita apresenta para o povo.

  3. Edson
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 17:44 hs

    Sai pra lá! Agora não vão prender o cara só porque ele está posando de vítima! Que isso? O cara é malandro e sempre tentou se passar por vítima. Desde os tempos do ABC! Se formos visitar os bandidos que estão presos todos dizem que são vítimas, que são inocentes, etc. Crime é crime e, agora, só porque o cara é bom de voto (dos tolos e desinstruídos), vão deixar de meter o cara na cadeia, deixar seus crimes impunes, prescrever, perdoar? Ou vão se cagar de medo de uma possível convulsão provocada pelos correligionários do erro? Pra manter a ordem temos Forças Armadas, PMs e outros organismos de segurança! Cadeia para quem fez coisas erradas! Não interessa a popularidade do cara.

  4. milton
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 18:05 hs

    O maior erro que o eleitor poderá cometer é acreditar que PSDB e PT são oposição um ao outro, ambos se complementam na ideologia, mas diferem na abordagem e metodologia apenas ! As provas estão a disposição de todos, pois ambos não saem mais das páginas policiais dos meios de comunicação! A traição de Lula ao Diálogo Interamericano (Globalistas) trouxe a luz do dia um sistema corrupto e doentio, de como o socialismo trata a coisa pública e seus povos! Lula trocou os globalistas ligados a Clinton/Soros/Obama/FHC e associados pelo bloco Eurasiano liderados pela China/Russia! O que era para ser eternamente um PSDB x PT (PSDB fingindo ser “direita”) terminou com Lula quebrando o “acordo” entre as duas esquerdas quando Lula lançou Dilma em 2010, de lá pra cá, por pressões internacionais para que o PT continuasse no poder e os globalistas pressionando para que o PSDB retomasse o poder após cassação de Dilma surgiu 03 problemas: 1) Lava Jato – Eis que detonou com todas as esquerdas atuantes no Brasil e seus crimes como quadrilha politica organizada ! 2) Eleição de Trump: Era fundamental para que o PSDB pudesse voltar ao poder com mais facilidade se H.Clinton tivesse ganho a eleição para que os globalistas pudessem continuar mandando na maior potencia bélica e financeira mundial, isto não ocorreu como sabemos. 3) Bolsonaro: Com o fracasso retumbante das esquerdas com suas politicas socialistas e com crimes de lesa-pátria acumulados, e de conhecimento público diário, a pré-candidatura de Jair Bolsonaro ganha força a cada dia para o desespero do “sistema” implantado a 30 anos, desde a fundação da “Nova República” ! Vejam, o que garantiria um “eterno” PSDB x PT, além do aparelhamento de todas as instituições (Menos as FFAA) seria as URNAS FRAUDULENTAS, que além de adequar o resultado da apuração secreta do TSE aos das “pesquisas” eleitorais na véspera do pleito, garantiria também proteção contra candidatos de fora do “sistema” tivessem chances reais de ganhar a eleição presidencial, no Brasil! Bolsonaro é Militar, e será muito arriscado fraudar as eleições com ameaça de Intervenção Militar, pois os Generais do Estado Maior já deram o seu recado, condenados políticos não podem ser candidatos, estamos a beira da retomada do controle do país pelas FFAA, com direito a tribunal militar para a classe política e empresarial que estiverem envolvidas nos crimes das delações! Acreditem, se houver tribunal militar os EUA não irão permitir que potências externas interfiram no processo de “pugarção” dentro do nosso país, o pau vai comer!!!

  5. eleitor desmemoriado.
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 18:34 hs

    Que bom, 51 eleito e eu em Braga. Assim a mulher e eu vamos ter que fazer as malas de uma vez.

  6. Sergio Silvestre
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 21:54 hs

    O moro não é justo e já alguns o consideram um psicótico com um grau de desequilíbrio serio.Esse caso dos recibos notou-se nele um perseguidor de uma causa perdida que é incriminar o Lula,hoje ele é um reles homem tenso pela demora para surgir alguma prova concreta que de prisão ao ex presidente dentro da lei,mas se essa prova não vier,ele com seus comparsas juízes vão fazer algo bárbaro como já fizeram com alguns de seus familiares.

  7. TO DE OLHO
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 23:06 hs

    LULA NÃO ROUBA- ELE MANDA ROUBAR..

  8. domingo, 15 de outubro de 2017 – 11:13 hs

    Sérgio Silvestre..por gentileza lave a boca com sabão antes de falar mal do SR MORO..um homem que salvou o BRASIL desgraça…e se ajoelhe rezando para que o nosso pais volte a ser grande..ok

  9. Raphael
    domingo, 15 de outubro de 2017 – 12:57 hs

    Lula lider? Só no Datafolha e na mídia esquerdista. Quem lidera em redes sociais e arrasta multidões é outro… ! É melhor Ja ir se acostumando.

  10. Juca
    domingo, 15 de outubro de 2017 – 13:06 hs

    SS Calça Frouxa, a batata do PT está assada e não adianta essa conversa de perseguição política a Lula. Só Lula se queixa de perseguição política. Porquê o resto da petezada que está condenada não abre o berreiro e vai chorar na ONU como fez o cachaceiro? Ridículo, um sujeito barbado ter medo da justiça e espernear tanto. Lula é um covarde, cagão que culpa a mulher morta por todos os ilícitos que cometeu. Não porque a mesma seria uma santa, longe disso, tão culpada quanto ele, Cúmplice, mas que não pode se defender.

  11. domingo, 15 de outubro de 2017 – 14:29 hs

    SS o seu Lula já foi CONDENADO aqui em curitiba e Aguarda a Confirmação no TRF-4 para seu desespero! Os RECIBOS fraudulentos, assinados todos no mesmo dia quando o primo Bumlai foi preso, já não vão mudar a situação de seu Ídolo! Que Lula é Criminoso todos já sabemos! Cadeia pro lula, temer, Aécio e Gleisinha ladra de velhinhos aposentados!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*