O Estado Policial avança | Fábio Campana

O Estado Policial avança

Após denúncia anônima sobre drogas, polícia faz busca em casa de filho de Lula e não encontra nada

Jornal do Brasil

Nos aproximamos rapidamente do Estado Policial que bem conhecemos durante as ditaduras. A Polícia Civil realizou ontem uma busca na casa de Marcos Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após receber uma denúncia anônima por telefone, que indicava uma suposta presença de drogas no local. De acordo com a defesa do ex-presidente, a polícia não encontrou substâncias ilícitas durante a vistoria na na casa que fica em Paulínia, interior do estado de São Paulo.

Independente de credo, preferência, tietagem política, esta é uma demonstração de abuso policial que se respalda na onda de caça às bruxas deflagrada a partir das deformações produzidas pelos excessos da Lava Jato, que de operação necessária para investigar e coibir a corrupção ganhou traços de instrumento de ação política.


9 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 15:11 hs

    Pois é,esse filho adotivo do Lula é um rapaz simples que não mora em Copacabana,mas a caça é ao Lula,onde policiais a serviço sabe lá de qual ideal tentam acabar com um mito que é o Lula,o maior presidente de todos os tempos,agora atacando o resto de sua família,uma vergonha isso.

  2. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 15:25 hs

    Hitler e Stalin devem rir à larga em suas poltronas infernais, bem ao lado de Satanás, fazendo brindes, porque seus métodos prosperam e permanecem.

  3. Rr
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 15:28 hs

    Se é parente desse marginal,coisa boa não é,forças armadas já.

  4. Antonio Tadeu Meneses
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 15:59 hs

    Se a lei é para todos, porque quando se trata de uma pessoa simples do povo, ninguém reclama se a polícia invade a casa dele sem ordem judicial para investigar a presença de drogas e outras substâncias ilícitas, mas quando se trata de alguém de destaque na sociedade só então se reclama de abuso de autoridade?

  5. Edson
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 16:51 hs

    Informação anônima, heim? Eu ainda desconfio que tudo isso aí é armação do PT e dos L. O PT e os L são capazes de tudo para desacreditar os trabalhos até hoje feito pela Justiça, Procuradores, Delegados, Investigadores, etc. Quando podem, jogam nas costas da Marisa (que Deus a tenha), quando não podem inventam recibos, perseguição, reclamação na ONU e tantos outros artifícios para desacreditar os trabalhos até hoje feitos.

  6. TO DE OLHO
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 17:09 hs

    A POLICIA NÃO ENTENDEU.
    A DROGA É OPAI ADOTIVO.

  7. Roberto rodrigues
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 17:57 hs

    Só idiotas e militontos apóiam este tipo de ação. E se fosse na casa de suas mães ? Ou de sua família ? Seriam ações corretas e honestas ?

  8. urano
    quarta-feira, 11 de outubro de 2017 – 19:03 hs

    Se havia mandado judicial, a matéria é torpe e insidiosa, especialmente o título (estado policial), e alguns dos comentários dignos de pena.
    Se não havia mandado, é CRIME de violação de domicílio seja lá quem for o dono da casa.
    Se a casa é de Lula ou Polvo, Tartaruga ou Robalo não faz diferença.

  9. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 12 de outubro de 2017 – 9:03 hs

    Encheram a bola do molusco.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*