Os ônibus de Curitiba | Fábio Campana

Os ônibus de Curitiba

Curitiba, que já foi referência mundial em transporte público, tem experimentado as agruras de ser apenas mais uma entre tantas cidades que vivem no caos.
Tarifa cara, ônibus velhos, carros que pegam fogo, assaltos, arrastões, insegurança são o cotidiano que assombra passageiros, motoristas e cobradores de muitas linhas.
A foto é de domingo, linha Alferes Poli, uma das mais perigosas da capital. A ação cotidiana de fura-catracas e a movimentação de usuários de drogas levam pânico a quem precisa do transporte. O motorista não teve como negar a um grupo de usuários que carregasse um toldo em cima do ônibus. Espécie de frete, claro de aluguel, cruzou parte da cidade, sem segurança alguma nem para quem carregava nem para os veículos que estavam em volta, para chegar ao Parolim e fazer a entrega.
A imagem, a intimidação do motorista, os relatos de outros casos, tudo nos mostra que Curitiba não é mais a mesma e que está longe, muito longe, de se recuperar.


3 comentários

  1. Fátima Souza
    terça-feira, 10 de outubro de 2017 – 10:08 hs

    Esse é o descaso da Prefeitura e do Governo, com os Curitibanos.

    Cade segurança pública, segurança municipal, URBS, etc…..

    Mais 2018 eles vem pedir voto, espero sinceramente que as pessoas não tenham mais a memória curta e façam a limpa em 2018.

  2. Maquiavel
    terça-feira, 10 de outubro de 2017 – 10:15 hs

    Mas para o carnaval de Curitiba, a prefeitura vai injetar quase 1 milhão de reais.

    Tudo ao gosto do imperador heliogábalo, Dom Rafael I, aquele do pão e circo, e leões para os que discordam.

  3. rodrigo
    terça-feira, 10 de outubro de 2017 – 14:42 hs

    Não gostei da atitude dos malandros mas a ideia é válida. Alguns biarticulados precisam de um toldo semelhante, tamanha é a cachoeira&molhadeira nos dias de chuva.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*