Gleisi saúda Maduro | Fábio Campana

Gleisi saúda Maduro


A senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, cumprimentou o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pela “contundente vitória” eleitoral do partido chavista PSUV nas eleições regionais de domingo, 15. “Este dia será lembrado como o dia de uma vitoriosa jornada de democracia, onde mais de 60% do eleitorado atendeu à convocação democrática e compareceu, de maneira cívica e pacífica, manifestando seu apoio à paz , à democracia e à soberania na Venezuela”, disse Gleisi em nota à imprensa.

“Essa vitória adquire ainda mais importância histórica por ter se dado em meio a uma torpe tentativa de cerco e aniquilamento do país liderada pelo governo estadunidense, império que busca derrotar os povos e nações que lutam por justiça social, inclusão social e autodeterminação”, completa a nota.

No Leia Mais, a nota na íntegra.

O Partido dos Trabalhadores saúda o presidente Nicolás Maduro e seu partido , o PSUV , pela contundente vitória eleitoral nas eleições regionais deste domingo, 15 de outubro de 2017, a vigésima segunda eleição em dezoito anos de governos liderados pelo PSUV.

Este dia será lembrado como o dia de uma vitoriosa jornada de democracia, onde mais de 60% do eleitorado atendeu à convocação democrática e compareceu, de maneira cívica e pacífica, manifestando seu apoio à paz , à democracia e à soberania na Venezuela.

Essa vitória adquire ainda mais importância histórica por ter se dado em meio a uma torpe tentativa de cerco e aniquilamento do país liderada pelo governo estadunidense, império que busca derrotar os povos e nações que lutam por justiça social, inclusão social e autodeterminação.

Parabéns, Venezuela!
Parabéns, Presidente Maduro!
Viva o povo venezuelano!

Gleisi Hoffmann
Presidenta PT

Monica Valente
Secretária de Relações Internacionais


14 comentários

  1. castrinho
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 15:23 hs

    Urnas fraudadas!

  2. quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 15:32 hs

    leviana!

  3. Felipe Máximo
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 15:42 hs

    Só essa greici mesmo!!! Fazer uma saudação a um déspota e além do mais, o mundo todo sabe que é fraude. Tome jeito, narizinho!

  4. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 16:28 hs

    BRASIL, UM PAÍS SEM ESPERANÇA, UM PAÍS SEM LEI, UM PAÍS SEM COMANDO. Esta é a mais dura REALIDADE.

    Por algum tempo, milhões de Brasileiros acreditaram no fim da impunidade dos crimes de colarinho branco, aqueles praticados pelos brasileiros que deveriam dar exemplos de ética, de honestidade, de lisura, de brasilidade, os nossos políticos de um modo geral.
    Acreditou-se por muito tempo, que a justiça em fim, seria aplicada a to…dos os cidadãos brasileiros, independentemente, de cor, raça, status social e etnias, fazendo-se valer o Princípio da isonomia, ou seja, Direitos e Deveres iguais para todos.

    Embora soubéssemos que o poder judiciário brasileiro em todas as suas esferas é composto por elementos escolhidos sem nenhum critério pelas bancadas partidárias, e que, ao final das negociatas dos cargos, onde os interesses dos partidos são colocados em primeiro plano, o chefe maior da nação, o Presidente da República, dá o seu aval sem sequer se preocupar com as consequências advindas dessa sua conivência inconsequente, ainda assim, acreditávamos na sua autonomia.

    Há época em que o Ex Ministro do STF, o Sr. Joaquim Barbosa esteve á frente da Presidência, vislumbramos mudanças drásticas na tomada de decisões do judiciário, até aconteceram, mas não durou muito tempo não, porque as suas decisões coerentes, pautadas na ética e na justiça, foram de encontro aos interesses daqueles que fomentam a prática da corrupção e do enriquecimento ilícito, chegando a abalar as estruturas e os interesses daqueles que manipulam o destino da nossa nação.

    Os brasileiros jamais se esquecerão do acontecimento inédito e histórico na política brasileira marcado pela passagem de cidadão negro, escolhido pelo EX Presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, (o chefe da quadrilha Petista que com sua lábia de trapo conseguiu afundar o brasil em 08 anos do mais puro desgoverno e pra afundar ainda mais enfiou no rabo dos brasileiros graças ao voto do ignorante a incompetente, mal amada, desqualificada e quadrilheira DILMA) numa atitude discriminatória aliada a um gesto populista, onde sua finalidade era exclusivamente se auto-promover, colocando este cidadão íntegro como membro do STF, jamais imaginando que ele seria um calo no seu sapato, punindo todos os seus pupilos e aliados políticos, até mesmo os membros da alta cúpula do PT.

    Estava claro e evidente que as esperanças dos milhões de brasileiros que sonhavam com mudanças no judiciário e na política brasileira cairiam por terra num pequeno espaço de tempo, por que, num país onde a cultura da corrupção e do enriquecimento ilícito é praticada nos mais altos escalões, tanto no executivo, no legislativo e no judiciário, este último, vendendo sentenças favorecendo interesses políticos e partidários, quando na verdade deveriam representar a supremacia da corte e não se deixar contaminar pelo sentimento de impunidade e corrupção que se instalou no Brasil, a cultura da ética, da impunidade não teria espaço e nem se perpetuaria diante da força e do poder destes corruptos que comandam a política brasileira.

    A renúncia do Ministro Joaquim Barbosa não deve ser vista pelos brasileiros como um ato de covardia, ao contrário, a sua atitude de anunciar sua aposentadoria do judiciário deve ser vista por toda a sociedade brasileira, como um sinal de alerta para que os brasileiros e as autoridades abram os olhos para o crescimento exacerbado da violência e do sentimento de impunidade que tomou conta do ser humano, culminando com a renúncia do Ministro Joaquim Barbosa, optando este, pela manutenção da sua liberdade e garantia da sua integridade física e dos familiares, lembrando que mais vale um covarde vivo do que um herói morto.

    Toda época de eleição nos questionamos, será que vale a pena votar em alguém mais uma vez? Se todos aqueles que escolhemos para nos representar repetem as mesmas práticas dos que lá estão? Na minha opinião, o direito de escolha dos nossos representantes é a única manifestação democrática do cidadão, representa o direito de escolha daquele que queremos que nos represente, portanto não devemos nos abster dessa escolha, assim estaremos contribuindo para que permaneçam no poder todos os corruptos anteriores.

    Partindo dessa premissa, devemos julgar com muito critério a administração desastrosa do governo que aí está, lembrando que já se passaram doze anos de total falta de capacidade administrativa, tanto é verdade que presenciamos desde o momento em que assumiram o comando da nação, o crescimento da criminalidade, o índice de desemprego aumentando, a inflação andando a passos largos, a educação e a saúde sendo sucateada, a corrupção tomando conta dos setores públicos e privados, chegando a afetar a única empresa estatal que ainda nos orgulhava, A Petrobrás.

    O legado deixado pelo Partido dos Trabalhadores para os brasileiros, é na verdade um legado que só nos envergonha de sermos brasileiros, um legado recheado de todos os ingredientes pertinentes ao mundo do crime político, ou seja, corrupção ativa e passiva, nepotismo, improbidade administrativa, tráfego de influência, favorecimento próprio, abuso de poder, etc.

    Durante treze anos de PT, trilhamos o caminho da certeza de um final trágico. Nunca vislumbramos um país livre da corrupção, nunca tivemos a convicção de um país economicamente estável, nunca tivemos a certeza da extinção do tráfico de drogas, nunca presenciamos as diferenças sociais diminuídas, jamais veremos a indústria da seca dizimada, e por fim, jamais teremos nossos direitos constitucionais respeitados pelos poderes públicos.

    Em síntese, somos um país dos sentimentos negativos, sem esperanças de um Brasil melhor para as próximas gerações. Um sonho perdido há 13 anos de desgoverno Petista que nos restou 50 anos de retrocesso.

    Triste Brasil.

  5. BETO
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 16:35 hs

    GLEISI.

    PresidentA?
    Enfia no seu r…………bo a letra “A”.

  6. quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 18:27 hs

    Uma eleição forçada regada de imposição e mortes , essa gueixa do senado definitivamente deveria é ficar morando por lá com sua caterva de bandidos e padrinhos, Lula, Dilma e toda alcateia de lobos famintos e corruptos.

  7. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 19:04 hs

    Demorou pra dar uma nota da eleição na Venezuela né,Lá tem um povo não uns comedores de capim.

  8. Enzo Ferrari
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 20:21 hs

    Gleisi o que vc fazer de 2019 em diante?? Beijo me liga

  9. Do interior
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 20:26 hs

    Urnas fraude
    Gleisi fraude
    Lulla fraude
    PT fraude
    Maduro fraude

    O restante do PT está na cadeia porque a fraude já foi descoberta.

  10. TADEU ROCHA
    quinta-feira, 19 de outubro de 2017 – 8:06 hs

    SILVESTRE, VOCE CONTINUA FALANDO BESTEIRA, PT TEU JÁ ERA , VOLTAR TRAZ NUNCA SÓ OS BRASILEIROS GOSTAM DE APANHAR.

  11. J. A.
    quinta-feira, 19 de outubro de 2017 – 8:07 hs

    Essa greisi deveria ter ficado la com esse maduru.

  12. Jonas
    quinta-feira, 19 de outubro de 2017 – 22:55 hs

    Embora seja maçante reafirmar o óbvio, não custa dizer: como ocorre em qualquer país que se preze cujo governo idolatra a foice e o martelo, NÃO HÁ DEMOCRACIA NA VENEZUELA. Como não há na China. Como não há na Coreia do Norte. Como não há em Cuba. Como não havia na finada União Soviética. O sonho dessa senhora e dos demais integrantes do seu partido é transformar o Brasil na barafunda que é hoje a Venezuela. É colocar o seu projeto de poder que cala a imprensa, promove a ditadura de minorias, dissemina o terror contra a população que é contrária a esse maldito projeto, dilapida o patrimônio público e, quando o caos se instala, coloca a culpa nos Estados Unidos. O resto é o blá, blá, blá de sempre.

  13. Carlos
    quinta-feira, 19 de outubro de 2017 – 23:06 hs

    Sérgio Silvestre = pseudônimo de Zé Dirceu.

  14. Carlos
    quinta-feira, 19 de outubro de 2017 – 23:37 hs

    Kim Jong-Un foi eleito com 100% dos votos na Coreia do Norte, e nem por isso esse é um país democrático (dizem que um norte-coreano até tentou anular o voto, mas foi fuzilado antes do voto cair na urna).

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*