Gilmar Mendes derruba prisão de sócio de Eike, e Bretas reage | Fábio Campana

Gilmar Mendes derruba prisão de sócio de Eike, e Bretas reage

Radar On-Line, VEJA

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a Flavio Godinho, ex-vice-presidente do Flamengo e apontado como braço direito de Eike Batista. Com isso, Godinho poderá deixar a prisão domiciliar.

Nos autos em que informa a liberação, o juiz Marcelo Bretas, que cuida da primeira instância da Lava-Jato no Rio, aproveitou para alfinetar a decisão de Gilmar.

Segundo Bretas, sua decisão cautelar de manter Godinho em recolhimento domiciliar havia sido confirmada pelos “Colendos e Respeitáveis Tribunal Regional Federal da 2ª Região e Superior Tribunal de Justiça, ambos de inquestionável honorabilidade”.

Bretas também disse que Godinho não precisará comparecer em juízo periodicamente “por entender se tratar de medida ineficaz no caso concreto”.


Um comentário

  1. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 19 de outubro de 2017 – 21:28 hs

    As togas dos ministros tem bolsos. Muitos deles não apenas para guardar lenço, essas coisas. E como são espaçosos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*