Defesa pede autorização para Adriana Ancelmo prestar Enem | Fábio Campana

Defesa pede autorização para Adriana Ancelmo prestar Enem

A defesa da ex-primeira-dama Adriana Ancelmo pediu ao juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Bretas, autorização para que ela faça as provas do Enem. Adriana é advogada, mas enfrenta um processo no Tribunal de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no qual a pena máxima é a perda do registro profissional.

Bretas autorizou a inscrição de Adriana para a realização das provas, mas enviou ofício à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) para que o órgão a cadastre para a prova em alguma unidade prisional feminina no estado.

O juiz, no entanto, pede que o Ministério Público Federal (MPF) se manifeste sobre o direito de Adriana de realizar as provas no dia 12 e 13 de dezembro.

A ex-primeira-dama ficou em silêncio nesta segunda-feira, no depoimento do processo em que responde a lavagem de dinheiro por meio da compra de joias da HStern. As informações são d’O Globo.


2 comentários

  1. terça-feira, 24 de outubro de 2017 – 9:15 hs

    VÃO BRINCANDO, UMA VEZ POMBA, SEMPRE POMBA TCHÊ!!!

  2. eleitor desmemoriado
    terça-feira, 24 de outubro de 2017 – 13:20 hs

    A ex do Cabral deve estar mesmo desesperada, vai fazer o Enem para voltar a cursar o curso que já cursou? O que a Justiça de verdade devia fazer era, ou mandar a ex do Cabral voltar para a cadeia, ou estender o benefício que deu a ela para milhares de outras mães que, com filhos pequenos estão atrás das grades e não podem cuidar deles.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*