Com a palavra, Aécio Neves | Fábio Campana

Com a palavra, Aécio Neves

A assessoria de Aécio divulgou nota ontem à noite. O comentário, claro, tem relação com a decisão do Plenário do Senado que rejeitou as medidas cautelares impostas pelo STF ao parlamentar e lhe restituiu o exercício pleno do mandato.
Leia a íntegra das mesmas palavras de sempre:
O senador Aécio Neves recebeu com serenidade a decisão do Plenário do Senado Federal que lhe permite retomar o exercício do mandato conferido pelo voto de mais 7 milhões de mineiros. A decisão restabeleceu princípios essenciais de um Estado democrático, garantindo tanto a plenitude da representação popular, como o devido processo legal, assegurando ao senador a oportunidade de apresentar sua defesa e comprovar cabalmente na Justiça sua inocência em relação às falsas acusações das quais foi alvo.

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)


3 comentários

  1. RICARDO JOHANSEN
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 10:23 hs

    Caro FÁBIO, com certeza os 7,0 milhões de mineiros que deram votos ao senador estão envergonhados, por terem sido antecipadamente traídos pelo senador quando de suas ações de participação no grupo dos corruptos semelhantes aos petistas e peemedebistas. Agora com as manifestações do STFzinho e do SENADOmaculado, com a legislação atual protetora dos políticos, personalidades, endinheirados, ricos e poderosos a legislação deverá ser alterada e atualizada pois tem mais pessoas enriquecidas que merecem o mesmo patamar dos políticos protegidos pela legislação imperial que perdoa os crimes praticados pelos indivíduos da corte. Agora esticaram a corda, e podem enforcar-se. Atenciosamente.

  2. Maquiavel
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 10:57 hs

    E, depois que os generais falam em intervir, muitos se alvoroçam em defesa das “instituições”…

    Instituição nacional é a corrupção de todo dia, da grande à pequena…

  3. Luiz Artur Gapski Pereira
    quarta-feira, 18 de outubro de 2017 – 11:06 hs

    Inocente kkkkkkkk não é o que parece senador.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*