Cármen Lúcia expressa preocupação com crise entre Poderes | Fábio Campana

Cármen Lúcia expressa preocupação com crise entre Poderes

Painel, Folha de S. Paulo

Presidente do STF, Cármen Lúcia não escondeu de ninguém nesta segunda (2) seu cansaço e preocupação com o impasse instaurado entre a corte e o Senado após a decisão que afastou Aécio Neves (PSDB-MG). Ciente de que o veredito será derrubado pelos políticos, a ministra conversou com colegas. Disse ter dormido pouco e avaliou, com lamento, que o Supremo sairá desgastado do episódio. O tribunal não deve mais versar sobre o assunto em liminares. Ao plenário, a palavra final, dia 11.

Integrantes dos universos jurídico e político ponderam que, se o Supremo vetar a deliberação do Legislativo sobre o afastamento, o “caso Aécio” pode se repetir nos Estados, disseminando a queda de braço entre Poderes.


Um comentário

  1. Rafael de Lala
    terça-feira, 3 de outubro de 2017 – 11:48 hs

    Problema de raiz, que remonta ao período historico de implantação da República, com sua incompletude sistêmica, ao incorporar ao “corpus” jurídico visigótico da cultura brasileira um conjunto de instituições de inspiração anglo-saxonica (common law) derivado dos formuladores da Constituição de Filadélfia nos Estados Unidos.
    Porém, dado que o problema é antigo, estimamos que a questão seja encaminhada com bom senso, pelos atores presentes, em proveito da estabilidade e progresso do país.
    Rafael de Lala, jornalista, do Instituto Histórico e coordenador do Centro de Estudos Brasileiros do Paraná.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*