Beto Richa manda investigar exposição sobre aborto e suicídio em escola de Cambé | Fábio Campana

Beto Richa manda investigar exposição sobre aborto e suicídio
em escola de Cambé

O governador Beto Richa determinou providências especiais da Secretaria de Segurança Pública para investigar sobre exposição em escola infantil em que os professores apresentaram bonecas em cenas de violência, suicídio, aborto e outras barbáries que, segundo qualquer educador, fere princípios básicos e direitos fundamentais. Serão designados delegado e equipe especialmente para levantar tudo sobre o escândalo. Veja o vídeo, um ensaio de horror.


3 comentários

  1. edilson
    sábado, 28 de outubro de 2017 – 19:44 hs

    Parabéns ao governador. Isso foi uma barbaridade em uma escola. Que horror!!!

  2. Do interior
    sábado, 28 de outubro de 2017 – 23:19 hs

    Lei 7051 nesse professor. Destituição de toda diretoria da escola.

  3. segunda-feira, 30 de outubro de 2017 – 11:27 hs

    “É a aplicação da Lei de Murphy. Projeto Gramscista de poder dessa esquerda. Apedeuta. Prolixa. Dicotômica. São pseudos intelectualizados. Sou Professor de Pós-Graduação e Palestrante de Tributário, Administrativo e Gestão Pública. Fui. Sou e sempre serei a ‘ANTÍTESE’ do pensamento de esquerda. E a favor da ‘ESCOLA SEM PARTIDO’. A atitude desses Professores não pode ficar sem uma resposta do Governador. Da Secretaria. E principalmente da sociedade se organizando e cobrando das autoridades competentes da área que ‘JAMAIS’ isso se repita. Nossos filhos e netos precisam que o Estado se presente e fique atento, protegendo os pequenos desses criminosos. Estão assassinando a ‘INOCÊNCIA’ das nossas crianças. Parabéns ao governador por essa atitude corajosa em defesa da família. Precisaríamos de mais atitudes como a do nosso governador pelo Brasil afora. Mais uma vez o Paraná dando exemplo ao País. Aqui NÃO!!!…” – Profº Celso Bonfim

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*