Ágora em Curitiba | Fábio Campana

Ágora em Curitiba

Ágora: Praça pública onde se realizavam as assembleias políticas na Grécia antiga, servia também como templo religioso, sendo decorada com pórticos, estátuas, colunas e pilares.

Há um novo imbroglio na Câmara de Vereadores. Parece que sobrou um dinheirinho no orçamento de 2017. Por lei, se o recurso não for gasto, ele volta à prefeitura.
Pois diante disso, a Professora Josete, PT, afirma que é hora de arrumar um novo local para a Câmara, segundo ela, o Palácio Rio Branco não tem mais condições de receber o público, “e essa dificuldade independe do número de pessoas nas galerias. Dou a sugestão de um terreno público ocupado pela própria Casa onde caberia perfeitamente um prédio, acredito que essa é uma função nossa: fazer da câmara um espaço de efetiva participação popular”.
Helio Wirbiski, PPS, é contra: “estamos passando por dificuldades muito sérias nas filas da Saúde, na construção de creches. Temos adequações sendo feitas nessa Casa que atendem o nosso trabalho aqui”. E por isso defende a devolução “do dinheiro que sobra, que é dinheiro público, é dinheiro de imposto, à prefeitura, para áreas prioritárias da nossa cidade, que precisam muito mais do que nós. Ou vocês acham que a situação das pessoas aí fora está muito melhor do que a nossa aqui?”.
Com o perdão pelo trocadilho, e agora, precisamos ou não de uma ágora em Curitiba?


3 comentários

  1. Paulo Tadeu Macedo Neves
    quarta-feira, 4 de outubro de 2017 – 10:49 hs

    Essa aprendiz de ditadora tem a memória curta também.
    O ex presidente Sabino Picolo devolveu para a prefeitura $ 10 milhoes de reais em 2011, para ajudar a cobrir o buraco do IPMC/ICS. feito pelos prefeitos Beto Richa e Luciano Ducci.
    O ex presidente Paulo Salamuni devolveu a prefeitura mais 8 milhoes de reais, para que o ex prefeito Fruet tampar ou tentar tapar o furo do transporte coletivo da cidade O ex presidente pastor Ailton Araujo devolveu mais 20 milhões de reais para ser gasto em pavimentação para que a prefeitura ajudar a reeleição dos vereadores da base de apoio do prefeito Fruet.
    São 38 milhões de reais que a camara guardou e economizou para ser feito o novo prédio da camara de Curitiba.
    Gastaram todo o dinheiro da obra para tentar se reeleger e agora querem por a mão no bolso do povo.

  2. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 4 de outubro de 2017 – 11:07 hs

    Era o que faltava. As inutilidades e besteiras despejadas em recinto fechado agora serão vomitadas a céu aberto. Zulivre….

  3. Maquiavel
    quarta-feira, 4 de outubro de 2017 – 14:42 hs

    Que a ágora nao vai servir para nada, concordo; aliás para estes vereadores desta legislatura, uma lona de circo estava de bom tamanho…
    Quem sabe se o lingüiça do circo não empresta a lona do circo dele?

    Porém, a vereadora tem razão em uma coisa: é uma vergonha a população não ter acesso aquele antro espoliador do povo com sucessivos aumentos, vide o da taxa do lixo…

    E se preparem que vem mais imposto por aí.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*