A diplomacia Cartes | Fábio Campana

A diplomacia Cartes

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, dono do Grupo Cartes, continua a tecer boas relações com políticos brasileiros. Receberá na semana que vem João Doria — que continua em ritmo de campanha eleitoral.

Cartes é dono de um império de cigarros. Mas grande parte de sua produção entra contrabandeada no Brasil. Isso nunca foi motivo para sequer um puxão de orelha das autoridades brasileiras.

A propósito das viagens de Doria: ontem, o prefeito de São Paulo desembarcou na Itália. Na volta ao Brasil, vai a Goiânia e depois viaja para Assunção. A queda na popularidade do prefeito não alterou um milímetro sua agenda de viagens. As informações são do Blog do Lauro Jardim.


3 comentários

  1. eleitor desmemoriado
    sexta-feira, 13 de outubro de 2017 – 13:12 hs

    O prefeito paulistano até mais parece um CEO, mas está vendendo o quê nestas andanças todas? Cansou-se de ficar na prefeitura administrando a maior cidade da América do Sul?

  2. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 13 de outubro de 2017 – 19:48 hs

    Luciano candidato, o quadro fica mais desanimador ainda. Salvo, claro, duas exceções, mas que patinam nas pesquisas. A luz no fim do túnel – da eleição de 18, é de uma locomotiva.

  3. jose silva
    sábado, 14 de outubro de 2017 – 19:18 hs

    O Brasil é um gigante …de bosta …. na America Latrina !!!

    Basta dar um puxao de orelha no Paraguai e pronto ..acaba o contrabando de armas de drogas ..

    Facam o Paraguai mais um estado brasileiro !!! Ou enquandrem a xirunzada !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*