Tribunal reduz pena do goleiro Bruno | Fábio Campana

Tribunal reduz pena do goleiro Bruno

A pena do goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte de Eliza Samúdio, foi reduzida em 18 meses pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, passará para 20 anos e nove meses.
Pertinho do carnaval deste ano, ele conseguiu habeas corpus, foi solto e imediatamente teve contrato para duas temporadas no Boa Esporte. Dois meses depois, o mesmo TJ-MG determinou que o goleiro voltasse à prisão.
Atualmente ele está no Presídio de Varginha, Sul de Minas Gerais.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*