Torquato Jardim loteia ministério com militares em postos-chave | Fábio Campana

Torquato Jardim loteia ministério com militares em postos-chave

Da coluna Radar

Organograma da pasta comandada pelo ministro que admitiu não entender de Segurança Pública é de dar orgulho a Jair Bolsonaro

Torquato Jardim pagou um mico durante a sua primeira entrevista coletiva como ministro da Justiça, em junho.
Na ocasião, disse que sua experiência com segurança pública se limitava ao fato de ter tido duas tias assaltadas. Constrangedor.
Mas talvez por isso, Jardim se fia nos integrantes das Forças Armadas e em policiais.
O organograma do ministério é de dar orgulho a Jair Bolsonaro.
Jardim mantém militares em vários postos-chave: chefia de gabinete, Secretaria Nacional de Segurança Pública, Departamento Penitenciário Nacional e Diretoria-Executiva.
Não só.
Também estão sob a batuta dos fardados a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e, pasme, a Secretaria Nacional de Justiça e Cidadania, comandada por Astério Pereira dos Santos, coronel reformado da PM do Rio e ex-secretário do governo Anthony Garotinho.


Um comentário

  1. Genildo
    terça-feira, 19 de setembro de 2017 – 14:36 hs

    Algum deles delatado ou denunciado em casos de corrupção?
    Então…….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*