Terremoto de 4.5 graus atinge a região de Curitiba; outro abalo foi registrado no Norte do Paraná | Fábio Campana

Terremoto de 4.5 graus atinge a região de Curitiba; outro abalo foi registrado no Norte do Paraná

O Paraná tremeu na madrugada desta segunda-feira (18). Dois terremotos foram registrados em duas cidades do Paraná, segundo dados do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo.

O primeiro deles, registrado à 0h16, teve 4,5 graus de magnitude com o epicentro na cidade de Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Também houve registro de tremores em Colombo, Itaperuçu e Almirante Tamandaré, segundo relatos de ouvintes hoje de manhã no Jornal da Banda B. Fotos com rachaduras nas paredes começaram a circular nas redes sociais.

Dois minutos depois, o segundo abalo, de 5,1 graus de magnitude atingiu a cidade de São Jerônimo da Serra, que fica a 337 quilômetros da capital. As informações são da Banda B.

A profundidade do primeiro tremor foi de 51 quilômetros, e a do segundo foi de 10 quilômetros. Até o momento não há informações de vítimas ou danos.

O morador Paulo Lima, de Rio Branco do Sul, que é vigilante, disse “Senti na pele o medo. Na nossa região nunca tinha passado por isso. Dava impressão que a terra ia se partir. As paredes chegaram a chacoalhar. Foi rápido, uns três segundos. Rápido, mas poderoso”, relatou. “Chegaram a pensar que tinham estourado um caixa eletrônico, mas não era nada disso”, completou.

Outro morador Marcus Venicius de Carvalho deixou o seguinte comentário no site da USP: “”Senti dentro de minha casa mais foi bem fraco, tremeu as paredes e o teto.”


4 comentários

  1. falido e ainda mal pago
    segunda-feira, 18 de setembro de 2017 – 11:43 hs

    Deve ser consequência do deslocamento pelo Paraná dos pré-candidatos ao governo do estado pedindo apoio de prefeitos do interior e da região metropolitana, pois todos eles são subterrâneos e, um em especial, é rato. O estrago deles já começou kkk

  2. Fabio
    segunda-feira, 18 de setembro de 2017 – 13:24 hs

    Li no G1 e outros veiculos de comunicação sobre o terremoto. Fui pesquisar em sites que achei confiaveis de sismógrafos on-line e não havia nenhum registro. Já o apolo11 informa que um erro dos sismógrafos da usp alertou falsos terremotos no Parana.
    Agora eu me pergunto.
    O terremoto existiu ou nao existiu ?
    O fato é que a noticia estava na primeira pagina do G1 e agora só aparece se pesquisarmos sobre terremoto.
    O site apolo fala que foi um erro dos sismografos.
    Mas tem postagem de moradores que sentiram tremor.
    Vai saber.
    O Fato é estranho. Se foi um erro, de onde tiraram estes testemunhos?
    A midia se empolgou e mentiu para complementar a noticia ou esta escondendo algo ?
    By the way..Acompanhei nos ultimos dias um aumento significativo das radiaçoes magneticas do sol, assim como cerca de 6 a 7 abalos diáros em Doha, a cerca de 1 h de yelowstone. (os sismografos de yelowstone ja estao desligados a algum tempo sem explicação aparente).
    Nao sei o que dizer. Se alguem sabe informaçoes concretas sobre o terremoto , sem ser via mídia, por favor me informe.
    Alguma coisa esta acontecendo.
    Como diria o Datena… “eu quero as imagens” kkk

  3. segunda-feira, 18 de setembro de 2017 – 15:54 hs

    SERÁ QUE NÃO FOI UM FURACÃO????? QUE AMASSOU O FLUMINENSE ..3X1;;;;KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  4. quinta-feira, 21 de setembro de 2017 – 12:24 hs

    É a natureza mostrando o absurdo do Lava jato de Sérgio Moro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*