PF prende Geddel Vieira Lima após apreensão de R$ 51 milhões | Fábio Campana

PF prende Geddel Vieira Lima após apreensão de R$ 51 milhões

A Polícia Federal prendeu o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) por decisão da 10ª Vara de Brasília, na manhã desta sexta-feira, 8. A PF chegou ao prédio de Geddel, em Salvador, no bairro Jardim Apipema, por volta de 5h40, em dois carros, com um pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público Federal. O ex-ministro deixou o prédio, por volta das 7 horas da manhã. As informações são de Renato Onofre de Souza.

Em atendimento à ordem judicial determinada a partir de pedido da Força Tarefa da Operação Greenfield, estão sendo cumpridos, na manhã desta sexta-feira, dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão. Todos os alvos ficam em Salvador, na Bahia. Trata-se de mais uma fase da Operação Cui Bono,que apura desvios de recursos em vice-presidências da Caixa Econômica Federal (CEF). Por determinação judicial, os nomes e endereços dos demais alvos das medidas não serão divulgados até a conclusão dos mandados.

A autorização para as medidas cautelares foi dada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara, em Brasília. O objetivo é recolher provas da prática de crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa . Na petição enviada à Justiça, o Ministério Público Federal endossou os pedidos apresentados pela Polícia Federal, argumentando que as medidas são necessárias para evitar “a destruição de elementos de provas imprescindíveis à elucidação dos fatos”.

A Polícia Federal deflagrou, na terça-feira, 5, a Operação Tesouro Perdido, com vistas a cumprir mandado de busca e apreensão emitido pela 10ª Vara Federal de Brasília. Após investigações decorrentes de dados coletados nas últimas fases da Operação Cui Bono, a PF chegou a um endereço em Salvador/BA, que seria, supostamente, utilizado por Geddel Vieira Lima como “bunker” para armazenagem de dinheiro em espécie. Durante as buscas foi encontrada grande quantia de dinheiro em espécie. Os valores apreendidos serão transportados a um banco onde será contabilizado e depositado em conta judicial.


2 comentários

  1. FCarraro
    sexta-feira, 8 de setembro de 2017 – 18:45 hs

    Abra-te Sésamo!!!! E as portas do Presidio se escancararam! Fecha-te Sésamo, e as portas permanecem abertas. Estão aguardando o resto do bando, a cabeça da Serpente, seu corpo e filhotes.
    Vem Lula, Dilma, Gleisi, Paulinho Bernardo, Renan, Maia e alguns integrantes da Justiça (?) Federal…
    A PF terá que abrir licitação emergencial para construção de novas unidades prisionais.

  2. JÁ ERA...
    sábado, 9 de setembro de 2017 – 5:53 hs

    De Operação em Operação a Polícia Federal está carimbando os
    políticos vagabundos. Este Geddel está enrolado até o pescoço des-
    de a época do mensalão. Já vai tarde Geddelzinho…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*