Pedido de prisão contra Aécio analisado no STF | Fábio Campana

Pedido de prisão contra Aécio analisado no STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal começa a tratar hoje do pedido de prisão preventiva de Aécio Neves feito pela Procuradoria-Geral da República, ainda sob o comando de Rodrigo Janot. Entretanto, a primeira matéria a ser analisada é sobre um pedido da defesa, que quer levar o julgamento ao plenário, alegando que pedido de prisão contra senador é uma questão “da mais alta relevância e gravidade”.
O relator é o ministro Marco Aurélio Mello, o mesmo que revogou a proibição de Aécio exercer o cargo de senador e o liberou para voltar às atividades no Senado. Se o pedido da defesa for rejeitado, começará o julgamento.
O caso é aquele sobre os R$ 2 milhões que Aécio pediu a Joesley Batista. E do qual os advogados justificam como “o senador Aécio Neves foi, na verdade, vítima de uma grande e criminosa armação engendrada pelos senhores Joesley Batista e Ricardo Saud em busca dos benefícios de uma generosa delação”.

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)


Um comentário

  1. SOLANGE LOPÉS
    terça-feira, 26 de setembro de 2017 – 10:33 hs

    Desculpa esfarrapada dos advogados do ladrãozinho barato. Cana nele. E eu votei neste elemento.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*