Operação 'abafa' na Câmara de Vereadores | Fábio Campana

Operação ‘abafa’ na Câmara de Vereadores

O Tupan informa que uma operação abafa acontece na Câmara Municipal de Curitiba para livrar os parlamentares acusados de se apropriarem dos salários dos funcionários. As chances de que Rogério Campos (PSC), Thiago Ferro (PSDB), Osias Moraes e Geovane Fernandes (PTB) terem uma punição são mínimas. A única ameaçada é Kátia Dittrich. Os demais esperam por uma ação das autoridades. O corporativismo rola abertamente. Tudo indica que só haverá uma mudança de comportamento quando o Ministério Público do Paraná agir para acabar com a festança da proprina. Como fez quando Custódio da Silva e outros membros do parlamento caíram no início da década passada.


4 comentários

  1. quarta-feira, 6 de setembro de 2017 – 12:34 hs

    QUANDO VOÇE LE UMA MATÉRIA DESSA..DESANIMA DE SER HONESTO…POIS SE TODOS QUE DEVERIAM CUIDAR DAS LEIS..SÃO OS INFRATORES;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

  2. JUSTICEIRO
    quarta-feira, 6 de setembro de 2017 – 13:44 hs

    Vergonha Fábio se isso acontecer vou fazer questão de divulgar para todos os meus conhecidos, chega de corrupção

  3. TADEU ROCHA
    quarta-feira, 6 de setembro de 2017 – 14:45 hs

    PEDRO VOCE TEM RAZÃO FALOU TUDO, VAI FICAR RUIM PARA ESSES VEREADORES SE FIZEREM ISSO COMO SABINO PICOLLI QUER, EU NÃO ENTENDI E COMPREENDI O SABINO QUER PASSAR MÃO NA CABEÇA E FAZENDO CABEÇA DOS OUTROS, ELES JÁ ESTA DIFICIL SE ELEGER , AGORA VAI SER PIOR.

  4. JUSTICEIRO
    quarta-feira, 6 de setembro de 2017 – 17:01 hs

    Alguma coisa pode estar errado na Câmara Municipal. Apropriação de salários ou parte deles é crime contra a Administração Pública previsto em lei. Além da sindicância interna obrigatória é dever do Presidente da Câmara Municipal comunicar ao Ministério Público para a tomada de providências necessárias.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*