Não vou cair no conto de um delator picareta e ladrão, diz Rossoni | Fábio Campana

Não vou cair no conto de um delator picareta e ladrão, diz Rossoni

Valdir Rossoni, deputado federal e chefe da Casa Civil do governo do Paraná, vai pedir direito de resposta à RPC, afiliada da Rede Globo, depois da divulgação das reportagens sobre a delação do empresário na Operação Quadro Negro. Se não conseguir, disse que entra na Justiça.

Neste domingo (3), no Facebook, onde entra ao vivo toda semana durante uma hora, soltou o verbo. “Torço para que o ministro Luis Fux homologue a delação e que me investiguem. Assim vou ter mais uma prova da minha inocência. Não vou cair no conto desse picareta. O que fico indignado é que 99% do que ele falou transformam em verdade – e para quem é atingido, a tv dá 1% do tempo para a defesa. Isso é jornalismo ou sensacionalismo?”, desabafou.

Rossoni desafiou a RPC a fazer uma auditoria nas obras das duas escolas feitas em Bituruna – e atacou: “Eu pago, se for o caso”. Ele disse que em relação às escolas não concluídas os ladrões foram o empreiteiro delator e os que fizeram as medições.

E defendeu o governador Beto Richa. “Assim que soube do problema ele tomou todas as medidas”. Sobre a denúncia envolvendo seu assessor direto, foi incisivo: “Devo acreditar no funcionário que trabalha comigo há tantos anos ou nesse bandido ladrão que afirma na própria delação que não tem provas?” Rossoni disse que não vai ter seu nome emporcalhado e que por isso vai lutar por seu direito de se defender.

Ele diz identificar no campo de batalha da Quadro Nego o mesmo grupo de agitadores que não se conformam com o fato de o PT ter sido riscado do mapa. “Não é essa pequena batalha que vai me fazer sucumbir”, afirmou. No final do programa, disse que estava aliviado pelas explicações que deu: “Prefiro desabafar aqui do que ter um enfarte”.


6 comentários

  1. Eleitor
    segunda-feira, 4 de setembro de 2017 – 23:33 hs

    Quem não vai cair no conto é o eleitor. Rossini, Richa e sua gangue vão ver.

  2. Sergio Silvestre
    terça-feira, 5 de setembro de 2017 – 0:04 hs

    Picaretas são vocês seus canalhas;

  3. juliano schmitt
    terça-feira, 5 de setembro de 2017 – 7:59 hs

    voce e um anjinho!

  4. SERGIO
    terça-feira, 5 de setembro de 2017 – 8:24 hs

    O QUÊ ME CHAMA A ATENÇÃO É QUE
    O CARA CONCORRE A DEPUTADO FEDERAL,
    GANHA E DEPOIS ABRE MÃO PARA VOLTAR
    PARA A PROVÍNCIA.
    POR QUÊ SERÁ HEIM?

  5. Freddy Kruger
    terça-feira, 5 de setembro de 2017 – 10:21 hs

    O real fato é que tanto a Gazeta do Povo quanto a RPC puxam a sardinha há muito para o PT. O Governo Richa e a Casa Civil não tem gasto dinheiro público em propagandas desnecessárias, e todos sabemos que estas duas empresas estão em grandes dificuldades financeiras. É um estelionato político da imprensa. Por outro lado, a denúncia deve ser verificada sim, e se houver culpados, que sejam exemplarmente punidos. Agora, pensem, quem tem interesse em vazar irresponsavelmente dados de uma delação ainda nem homologada e que corre o risco de nem ser, por total falta de provas. É para queimar o filme mesmo. Obra que com certeza, possui as digitais do PT, APP e asseclas. Apesar de tudo, das denúncias e dificuldades pelo que o País passa, herança maldita dos governos socialistas, a gestão Beto Richa tem se mostrado eficaz, pois até o momento os funcionários públicos que reclamam, estão recebendo seus salários em dia, as constas do governo estão em ordem e ainda estão sendo feitos grandes investimentos em infraestrutura, que colheremos seus frutos daqui alguns anos e imediatamente na retomada de empregos, como demonstram as últimas estatísticas. Portanto, “Os cães ladram e a caravana passa” .

  6. Caiçara do Litoral
    terça-feira, 5 de setembro de 2017 – 10:39 hs

    Realmente, o que dói na oposição e na imprensa irresponsável é o relativo sucesso que o Governo Beto Richa está alcançando, apesar de todas as dificuldades impostas pela atual conjuntura política e econômica nacional.
    Caso não sejam comprovadas as sérias denúncias, devem ser processados os meios de comunicação que veicularam com extremo sensacionalismo irresponsável um caso que nem ainda foi analisado pelos tribunais e o pior, pelo que foi levantado até o momento, não existem sequer provas dos ilícitos supostamente praticados. Vazamento de delação premiada antes de sua homologação, também constitui grave crime ! É clara a tentativa do delator, que para salvar o seu, tenta tumultuar com inverdades o já conturbado mundo da política , que carece de pessoas honestas, desinteressadas e que não compactuem com a corrupção e favorecimentos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*