Nada a temer, Temer. Restam 3,4% | Fábio Campana

Nada a temer, Temer. Restam 3,4%

 

Divulgada hoje a nova pesquisa CNT/MDA, promovida pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), trouxe uma queda brusca na defesa do presidente Michel Temer (PMDB).

Temer, que era apoiado por 10,3% dos entrevistados em fevereiro, viu sua aprovação cair para apenas 3,4%, cerca de um terço, ante 75,6% de avaliação negativa. Outros 18% consideram o governo regular e 3% não souberam opinar.
A oposição ri e faz piada: os três virgula quatro por centro de votos foram conseguidos com Marcela, Jucá, Marun e Michelzinho, respectivamente.

(Foto: Evaristo Sa/AFP)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*