Moro pede prisão de Léo Pinheiro | Fábio Campana

Moro pede prisão de Léo Pinheiro

Do Estadão:

Sérgio Moro ordenou a expedição de mandado de prisão para execução provisória para os empreiteiros ligados à OAS. José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, e Agenor Franklin Magalhães Medeiros, condenados em 2ª instância. Os executivos foram sentenciados pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 26 anos e 7 meses de prisão corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
Léo Pinheiro foi preso uma primeira vez em novembro de 2015. Ganhou prisão domiciliar, por ordem do STF, e voltou para o regime fechado em 5 de setembro de 2016.


4 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 20 de setembro de 2017 – 18:14 hs

    Essa é a fase da tortura desses empresarios para que eles falem o que não sabem do Lula,esse Moro precisa ser contido,já deixou dezenas de milhões sem emprego e desconfio de sua condição psicologica.

  2. Juca
    quarta-feira, 20 de setembro de 2017 – 19:06 hs

    SS Calça Frouxa, Moro não é culpado pelo desemprego no Brasil. Quem é você analfabeto de pai e mãe para desconfiar da condição psicológica de Moro? Vá alisar a sunguinha vermelha modelo fio dental para usar e mostrar as tatuagens que tem na bunda!

  3. quinta-feira, 21 de setembro de 2017 – 9:55 hs

    o Dr. Moro está tomando até calmante por causa dos comentários do SS.

  4. BETO
    quinta-feira, 21 de setembro de 2017 – 14:45 hs

    SERGIO SILVESTRE.

    Seu adestrado. Quem deixou o Brasil desse jeito foi Lula que depois enfiou no rabo dos brasileiros a incompetente Dilma, o poste ou vc esqueceu que esse maldito partido ficou no poder por 13 anos aliás, continua no poder pois temer fez parte da quadrilha Petista até o ano passado. Desemprego, economia no fundo do poço, insegurança pública, saúde zero e educação precária é a HERANÇA MALDITA deixada pelo PT, resultado de 13 anos de populismo e roubalheira.
    Acorda seu adestrado, seu lunático.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*