Justiça determina audiência de 50 réus da Operação Pecúlio | Fábio Campana

Justiça determina audiência de 50 réus da Operação Pecúlio

O juiz federal Pedro Carvalho Aguirre Filho, da 3ª Vara Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, determinou a audiência de mais de 50 corréus na Operação Pecúlio. As audiências com as testemunhas começam na segunda-feira (11) e devem terminar no dia 29 de setembro.

Todas as testemunhas ouvidas nesta ação penal são indicadas pela defesa do ex-prefeito Reni Pereira (PSB). Entre os arrolados estão ex-vereadores, ex-diretores e ex-secretários municipais. As informações são do Paraná Portal.

A Operação Pecúlio foi deflagrada no dia 19 de abril de 2016. A investigação tem mostrado que servidores públicos de várias secretarias municipais, diretores, agentes políticos, ex-secretários e empresários tinham um esquema montado para desviar dinheiro por meio de fraudes em licitações.

A investigação da Polícia Federal (PF) estima que os prejuízos com os desvios de recursos públicos passem de R$ 30 milhões. Além de empresários, secretários, diretores e demais servidores do Executivo local, o esquema também funcionava na Câmara Municipal do município. O grupo criminoso seria comendado pelo ex-prefeito Reni Pereira (PSB).


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*