Geddel não pagava aluguel | Fábio Campana

Geddel não pagava aluguel

Silvio Silveira, empresário, foi hoje à Polícia Federal para esclarecer que não sabia que Geddel Vieira guardava aquela grana toda em seu apartamento. Ele disse que cedeu o imóvel ao político para que ele guardasse pertences do pai que faleceu em 2016.
A PF foi ao apartamento em busca de documentos e se surpreendeu com o resultado. O que já era impressionante aos olhos, se revelou ainda mais incrível quatorze horas depois – tempo que levou para contar a dinheirama: 42,6 milhões de reais e 2,68 milhões de dólares.
Geddel, que cumpre prisão domiciliar em Salvador, mais ou menos a um quilômetro de seu ‘cofre’, ainda não se manifestou sobre a origem do dinheiro atribuído a ele.


5 comentários

  1. FUI !!!
    quinta-feira, 7 de setembro de 2017 – 6:28 hs

    O Geddel não mentiu… é pertence do pai dele…

  2. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 7 de setembro de 2017 – 10:15 hs

    E os petistas persistem na inglória missão de fazer crer que o desemprego de 13 milhões de brasileiros deve ser debitado na conta do vice-presidente deles lá, o Temer. E agora, citam Geddel como ministro do presidente, omitindo que ele começou roubando prá valer nos governos Lula e Dilma. Lá atrás, presidente do Banco do Estado da Bahia, foi processado pelo desvio de três milhões.

  3. Do Interior...
    quinta-feira, 7 de setembro de 2017 – 13:41 hs

    Geddel usava um apartamento simples.

    Por isso Lulla queria um triplex.

  4. Do Interior...
    quinta-feira, 7 de setembro de 2017 – 13:44 hs

    O valor desviado pela Gleise é 10 vezes essa daí.

    O valor desviado por Lulla é 100 vezes essa daí

    O valor desviado pelo PT é 1000 vezes essa daí

    O valor do prejuízo ao BNDES causado pelo PT é 10.000 vezes essa quantia de dinheiro.

  5. FUI !!!
    quinta-feira, 7 de setembro de 2017 – 18:03 hs

    Existe estas situações mal explicadas em todas as descobertas
    de volumes assombrosos de dinheiro. O Bacen não sabe quem
    retira regularmente milhões em espécie !? Engana que eu gosto…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*