Escola sem partido | Fábio Campana

Escola sem partido

O vereador Toninho da Farmácia falou hoje sobre a proposta de lei que propõe a implantação do programa Escola Sem Partido na rede municipal de educação, acha que precisa de um debate mais amplo. Na última terça-feira (29), a Comissão de Legislação, Justiça e Redação acatou o parecer do relator, Cristiano Santos (PV), que pediu o posicionamento da Secretaria Municipal da Educação sobre a viabilidade da matéria. “Eu acredito que dentro deste projeto ainda tem coisas para serem discutidas, para serem ajustadas”, disse o vereador. Mas o caso é que o assunto está sendo discutido na esfera federal e pela hierarquia das leis pouco pode ser feito caso os vereadores não gostem da decisão que vem de Brasília.


Um comentário

  1. Leo
    terça-feira, 5 de setembro de 2017 – 22:36 hs

    Por sua vez, Partido sem Escola é uma lástima.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*