Difícil cruzada | Fábio Campana

Difícil cruzada

Nesta semana, o vereador Professor Euler tomou uma decisão importante e que muitos dos eleitores esperam dos parlamentares: resolveu abrir mão do carro e do combustível que seu gabinete tem direito. No passado, já tinha dispensado a verba de, pasme!, R$ 4.500,00 por mês em selos.
Os tempos mudaram, são momentos difíceis para o país, Euler sabe disso e está fazendo sua parte ao que se refere ao corte de regalias.
Deveria ser aplaudido e servir de exemplo.
Mas, ao contrário disso, passa por uma cruzada difícil, os colegas da Câmara começaram a frita-lo, revoltam-se, contorcem-se, alegando que estão ficando em má situação e que se a população ficar sabendo disso em escala, terão que fazer a mesma coisa.
Por ação correta, que deveria puxar e inspirar o bonde dos vereadores, é acusado de populismo. Todo mundo discursa sobre ‘moralizar’ os poderes públicos, mas quando a prática acontece, ninguém gosta.
Aplausos ao Professor Euler e esperança que outros sigam os seus passos.


Um comentário

  1. Marcos
    quinta-feira, 21 de setembro de 2017 – 14:22 hs

    Só faltou dizer que um acessório dele usava o carro parir pra faculdade , ir pra Balneário Camboriú, etc.
    Campana conte a verdade!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*