Denúncia contra Temer será levada adiante, diz Dodge | Fábio Campana

Denúncia contra Temer será levada adiante, diz Dodge

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou nesta terça-feira que dará o devido andamento às investigações criminais contra o presidente Michel Temer, caso a Câmara e, depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizem a abertura de processo contra ele. O presidente foi denunciado pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot por, supostamente, chefiar organização criminosa e obstruir as investigações da Operação da Lava-Jato. Dodge fez a declaração na primeira entrevista coletiva que concedeu depois de assumir o comando do Ministério Público Federal na segunda-feira da semana passada.

— Se a Câmara dos Deputados aprovar esta tramitação, exercerei aquilo com a clareza e transparência que é dado a todo membro do Ministério Público fazer toda vez que uma denúncia é ajuizada. A denúncia será submetida ao plenário do STF e, se recebida, deverá ter continuidade porque a ação penal pública é indisponível. Não pode nenhum procurador, nenhum membro do Ministério Público dispor da ação penal, voltar atrás num linguagem mais leiga.Então, estaremos dependendo, a seguir, do recebimento ou não da denúncia. Uma vez recebida, a ação penal é indisponível. Darei a ela a continuidade que é do mister do Ministério Público — disse a procuradora-geral. As informações são d’O Globo.


Um comentário

  1. eleitor desmemoriado.
    quarta-feira, 27 de setembro de 2017 – 14:34 hs

    E não poderia ser diferente, o presidento que se defenda, conta inclusive com uma Advocacia todinha pra defendê-lo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*