'Cristão por natureza' | Fábio Campana

‘Cristão por natureza’

E se um dia, sem explicação ou motivo aparente, os políticos simplesmente acordassem com vontade de usar a honestidade nas declarações, estaríamos mais perto de testemunhar esse tipo de coisa que Vicente Cândido (PT) disse.
Tirando a parte de ‘cristão por natureza’, que não posso assegurar como verdadeira, de resto me parece que o petista está a dizer a verdade, somente a verdade. Não se trata de reforma política o que o relator propõe, é apenas um conjunto novo de regras que não mudarão em nada o sistema político e que garantirão maior possibilidade de reeleição para os colegas.
Sobre a parte do ‘crime organizado’, não dá para saber a quem Cândido se refere: ‘Eu, como relator e cristão por natureza, tenho por obrigação ser sempre otimista. Acho que é possível ainda votar, eu estou trabalhando a tese de que a Câmara e o Congresso Nacional não cometerão a irresponsabilidade de não regrar as eleições de 2018, deixá-las sobre as regras das atuais eleições. Nós vamos deixar uma eleição gerida pelo Supremo Tribunal Federal, pela Justiça Eleitoral e pelo crime organizado. Acho que ninguém quer pagar pra ver e será um cenário muito ruim para os congressistas, principalmente para aqueles que vão pedir voto para reeleição‘.


Um comentário

  1. Marcão
    terça-feira, 19 de setembro de 2017 – 13:36 hs

    ‘Cristão por natureza’, ladrão por opção….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*