TJ mantém nova jornada da hora-atividade de professores | Fábio Campana

TJ mantém nova jornada da hora-atividade de professores

O Tribunal de Justiça manteve nesta segunda-feira, 21, a determinação do Estado que redimensionou a jornada dos professores estaduais do preparo de aulas e correção de trabalhos e provas de sete para cinco horas semanais para 20 horas semanais. A Secretaria Estadual de Educação leva em conta que os professores são contratados para cargas de “20 horas no relógio” e não “20 horas/aula”.

“Está mantida a resolução da Secretaria de Educação, que fez uma interpretação da lei sobre o assunto”, disse o procurador-geral do Paraná, Paulo Sérgio Rosso. Rosso destaca que, do ponto de vista do governo, o importante era não causar alterações consideráveis na jornada de trabalho no meio do ano letivo, o que poderia interferir na vida dos estudantes. Caso não haja decisão judicial em contrário, o governo estadual pretende manter o mesmo modelo de distribuição de aulas para o ano que vem.


Um comentário

  1. Jotinha
    terça-feira, 22 de agosto de 2017 – 16:35 hs

    Correta a decisão; eu mesmo comentei e justifiquei de acordo com as leis tais medidas, neste e em outros blogs, inclusive diretamente com a SEED.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*