Temer exonera dez ministros para que retornem à Câmara | Fábio Campana

Temer exonera dez ministros para que retornem à Câmara

Hoje, Michel Temer exonerou temporariamente dez ministros. Ele afastou os auxiliares que têm mandato parlamentar para que saiam em sua defesa em plenário, ajudem a sessão a ter quórum e garantam votos para barrar acusação por corrupção passiva. A ideia é eles voltem aos cargos depois de amanhã.
As exonerações foram publicadas no “Diário Oficial da União”. Só os ministros Raul Jungmann (Defesa) e Ricardo Barros (Saúde), que também detêm mandatos parlamentares, foram mantidos nos cargos. O discurso é de que eles continuaram para que iniciativas das pastas não sejam afetadas.


Um comentário

  1. quarta-feira, 2 de agosto de 2017 – 10:13 hs

    “#REAGEBRASIL. Não se enganem, nem se iludam. Não vai aparecer nenhum Messias. ELES são todos iguais. Tudo farinha estragada do mesmo saco roto e esfarrapado, com ‘RARÍSSIMAS’ exceções. Não acredito mais em nenhuma palavra que ELES falam. São embusteiros, chicaneiros, prolixos, dicotômicos, antagônicos à verdade. Não interessa o partido. Tudo ave de rapina. Sanguessugas do erário público. Só querem se locupletar das riquezas do País. #INDIGNADO :( …” – Profº Celso Bonfim

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*