Presidente do PT no Rio é julgado por improbidade administrativa | Fábio Campana

Presidente do PT no Rio é julgado por improbidade administrativa

O presidente estadual do PT no Rio de Janeiro, Washington Quaquá, será julgado hoje em uma das ações que responde por improbidade administrativa.
Quaquá é acusado de firmar contratos superfaturados e não executados com empresas que resultaram em prejuízos ao erário público da Prefeitura de Maricá.
O recurso da defesa de Quaquá será analisado hoje. Seus advogados querem eximir o ex-prefeito da responsabilidade dizendo não ter sido ele o responsável pela assinatura e fiscalização dos contratos.
No entanto, o Ministério Público estadual sustenta que, como chefe do Poder Executivo Municipal e ordenador de despesas, Quaquá não poderia se furtar das responsabilidades do cargo sob alegação de não ter ciência do modo como a contratação foi executada.

Informações do Radar On-Line.


2 comentários

  1. Piolho
    quarta-feira, 23 de agosto de 2017 – 17:23 hs

    Não é possível!!! Cara do PT? Tem certeza, Campana? O partido é super, hiper, honesto, e o sujeito, então, tem uma cara de honesto pacarai! SQN!!!!!!!

  2. Juca
    quarta-feira, 23 de agosto de 2017 – 19:53 hs

    Qua quá!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*