Polícia desmente boatos de raptos de crianças na Grande Curitiba | Fábio Campana

Polícia desmente boatos de raptos de crianças na Grande Curitiba

A delegada-titular do Serviço de Investigações de Crianças Desaparecidas (Sicride), Iara Dechiche, fala hoje com a imprensa sobre algumas mensagens que estão sendo compartilhadas em aplicativos de celular e rede sociais, referente à tentativas de rapto de crianças na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) nas últimas semanas.

Mas, desde que as informações partilhadas nas redes sociais começaram a vir à público, a Polícia Civil já alertava para o fato deles serem boatos que só assustavam ao invés de informar. “Não temos nada registrado, nada de que alguma quadrilha esteja atuando na região neste sentido”, disse ontem para a rádio CBN a delegada do Sicride, Iara Dechiche.

Um único caso chegou até a polícia. Foi na semana passada, em Campo Largo, onde uma mãe com a filha pequena teria sido abordada por um homem que tentou levar a criança, sem sucesso. A mãe fez um boletim de ocorrência. “Foi o único caso registrada oficialmente”, disse o delegado de Campo Largo, Cassiano Aufiero. Pela sua experiência, o delegado explica que casos graves como esses, jamais deixariam de ser comunicado pelas famílias. As informações são do Bem Paraná.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*