Paraná vai apoiar duplicação da BR-376 entre Paranavaí e Taquarussu | Fábio Campana

Paraná vai apoiar duplicação da BR-376 entre Paranavaí e Taquarussu

Nesta segunda-feira, 14, o governador Beto Richa recebeu prefeitos e lideranças da região Noroeste que defendem a duplicação da BR-376 entre Paranavaí (PR) e Taquarussu (MS). A ligação vai criar um novo corredor de transporte para o escoamento da safra dos dois estados, encurtando em até 150 quilômetros o caminho até o Porto de Paranaguá, que é feito atualmente via Maringá.

Com a duplicação, os caminhões podem transitar por Porto São José, no município de São Pedro do Paraná, e facilitar o transporte de mercadorias do Mato Grosso do Sul. “Podem contar com o apoio irrestrito do nosso governo para pleitear esta obra junto ao governo federal. A criação da Rodovia do Agronegócio, como já é chamado esse trecho, trará um desenvolvimento mais vigoroso ao Noroeste e a todo o Paraná”, disse Richa.

O custo estimado da obra é de R$ 850 milhões e inclui a construção de uma ponte sobre o Rio Paraná. O projeto contempla 95 quilômetros de duplicação da BR-376 no trecho paranaense e outros 30 quilômetros em pista simples no Mato Grosso do Sul. A ligação pela rodovia pode seguir a partir de Paranavaí, que já teve um trecho de 33 quilômetros duplicados, parte de um aditivo acertado pelo Governo do Estado com a concessionária Viapar, que administra o trecho.

“A duplicação entre Mandaguaçu, Nova Esperança e Paranavaí facilita o projeto de duplicar também o trecho até o Mato Grosso do Sul. Vamos lutar para conquistar mais esta obra, que é de interesse estratégico para o Paraná”, afirmou Richa.

A vice-governadora Cida Borghetti afirmou que uma audiência com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, para apresentação do projeto já está marcada para a próxima sexta-feira (18) em Maringá. O ministro vem ao Paraná para anunciar recursos para a ampliação e melhorias no aeroporto regional Silvio Name Junior. “É um importante projeto que conta com o apoio do Governo do Estado. A duplicação da rodovia com a ligação com Mato Grosso do Sul trará benefícios econômicos e sociais”, disse ela.


Um comentário

  1. Valmor Lemainski
    terça-feira, 15 de agosto de 2017 – 9:21 hs

    Nosso governador é difícil de entender… Incentiva a duplicação de um trecho no noroeste do estado… Nada mal para aquela região e para o Paraná. Mas reduzir de 8 para 3 km de duplicação da BR 277, trecho que gera congestionamentos, especialmente de caminhões que transportam até o terminal ferroviário de Cascavel é difícil de aceitar… Que pena ter prometido e depois “não poder cumprir”… E a verba é da concessionária… Palmas!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*