Paraná se torna parceiro da Agenda 2030 da ONU | Fábio Campana

Paraná se torna parceiro da Agenda 2030 da ONU

Nesta quarta-feira, 2, em Curitiba, o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, assinou a adesão do Paranacidade aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU. Já aderiram à agenda, 193 países que participaram da cúpula das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável, realizada em setembro de 2015.

“Com este documento, o Paraná assume o compromisso de buscar efetivar os 17 objetivos, os princípios e as metas para chegar ao desenvolvimento sustentável e para atender as necessidades da atual e das futuras gerações. Vamos deixar as nossas digitais na construção deste sonho”, disse Ratinho Junior. “A partir de agora, vamos ser parceiros no alcance dessas metas”, completou.

Este compromisso, com os 17 objetivos, inclui a luta para erradicar a pobreza; chegar à fome zero e à agricultura sustentável; à saúde e bem-estar; educação de qualidade; igualdade de gênero; água potável e saneamento; energia limpa e acessível; trabalho decente e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; a redução da desigualdade; cidades e comunidades sustentáveis; consumo e produção responsáveis; ação contra a mudança global do clima; vida da água, vida terrestre; paz, justiça e instituições eficazes; parcerias e meios de implementação.

Sobre todos eles, a representante da ONU, presidente da Organização Mundial das Famílias, Deise Kusztra,. Disse que são milhões de possibilidades, respeitando cada cultura, as pessoas, o Planeta, a prosperidade, parceria e paz entre os povos. Kusztra deixou claro que todos são considerados universais, indivisíveis e interligados. Ela também pediu que todos se imbuíssem do slogan “No one left behind” (Não deixe ninguém para trás, em tradução livre).

O secretário Ratinho Junior, que é superintendente do Paranacidade, lembrou que as três dimensões citadas, para o desenvolvimento sustentável, incluem a economia, o ambiente e a sociedade.

Parcerias – Do evento também participaram o diretor geral da Sedu, João Carlos Ortega, diretores do Paranacidade, os presidentes da Sanepar, Mounir Chaowiche; e o da Copel, Antonio Sergio de Souza Guetter; ambos da Secretaria Executiva do Movimento ODS

Ainda, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos ODS, secretário para Assuntos Estratégicos e da Secretaria de Mobilização do Movimento Nós Podemos Paraná, Edgar Bueno; o presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Hussein Bakri; e o conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná, Fernando Guimarães.

Mais o secretário executivo adjunto do Movimento ODS, Maurício Degelmann; representante do Programa Cidades do Pacto Global da ONU, Rosana de Souza; do Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná, Keli Guimarães; do gabinete da vice-governadoria e o secretário-executivo adjunto do Movimento Nós Podemos Paraná, Nemécio Müller; e o analista de Desenvolvimento Municipal do Paranacidade, Geraldo Farias, que apresentou o evento.


Um comentário

  1. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 3 de agosto de 2017 – 13:39 hs

    -Parceria infrutífera que gerará grandes transtornos ao Estado do Paraná.
    -As pessoas ainda acreditam na ONU vendo a mesmo com olhos no passado. Esqueçam!!! A ONU não é mais assim tão altruísta. A ONU pode ser considerada a União Européia, ditando regras aos governos e impondo sua agenda socialista/fabiana em prol de um futuro mundo melhor. Futuro mundo melhor para quem?? Para nós que vivemos no presente é que não. Estamos pagando a conta de tantas atrocidades cometidas no passado em prol de um mundo melhor que nunca chega. Não quero transmitir estas mesmas contas para meus filhos e futuras gerações.
    -O mundo seria melhor se não existissem tantas pessoas empenhadas tentando consertá-lo. Deixe o mundo viver e acontecer por sí só. É a lei natural.
    -A ONU como organismo mundial sucumbiu seus ideais ao capital especulativo e a agenda socialista, tanto europeia quanto americana.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*