O que os vereadores querem saber? | Fábio Campana

O que os vereadores querem saber?

Controle de atendimento a vítimas de acidentes nas escolas, número de professores com formação para atender estudantes com deficiência, gasto com a coleta de lixo e cancelamento do transporte de atletas do futebol amador estão entre os requerimentos protocolados nesta semana pelos vereadores de Curitiba.
Foram encaminhados 17 pedidos de informações oficiais à Prefeitura.
Segundo a Lei Orgânica do Município, o prazo para o prefeito prestar informações solicitadas pela Câmara é de 15 dias úteis – e pode ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Quem lidera o ranking de requerimentos da semana é a área de Educação, com 5 pedidos. Maria Letícia Fagundes (PV) questiona o Executivo se há um controle de atendimento de vítimas de acidentes nas escolas municipais e qual é o número dessas ocorrências nos últimos três anos. Se houver o levantamento, a vereadora quer saber qual o tipo de acidente mais recorrente. Ela também solicitou o número de licenças para tratamento de saúde concedidas aos funcionários da Secretária Municipal de Educação.

Autor de dois pedidos de informações, Professor Euler (PSD) questiona quando será reativado o cadastro para professores com formação especial, para o ingresso nas escolas especiais do município. O vereador afirma que, segundo os pais dos alunos, “o número de especialistas para o trabalho está atualmente muito baixo”. Outro requerimento do vereador solicita que a Prefeitura repasse o número exato de profissionais que atualmente trabalham na rede municipal de ensino.

Meio Ambiente
O vereador que mais questionou a Prefeitura desde segunda-feira foi Goura (PDT), que encaminhou seis pedidos ao Executivo, sendo quatro referentes à limpeza pública municipal. Um requerimento questiona sobre a programação da “Semana do Lixo Zero”, que deverá ocorrer na última semana de outubro; outro solicita mais informações sobre o incentivo federal recebido pelo município para empreendimentos relacionados à limpeza urbana. Os demais questionam o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Curitiba (062.00346.2017) e qual o gasto com a coleta de resíduos orgânicos.

Goura também protocolou outros dois requerimentos, sobre a implementação do Sistema Municipal da Cultura em Curitiba; e sobre a existência ou o funcionamento de Conselhos Regionais de Parques e Praças. Já Bruno Pessuti (PSD) quer saber o custo e o prazo para a entrega das obras nos rios Juvevê e Atuba.

Outros requerimentos
Jairo Marcelino (PSD) quer do Executivo esclarecimentos sobre o cancelamento da cessão de ônibus para o transporte de atletas dos clubes de futebol amador de Curitiba. Jairo afirma que o benefício “acontecia há 35 anos, incentivando o esporte e a manutenção destes eventos esportivos”.

Oscalino do Povo (Pode) solicita à Prefeitura mais informações sobre a possibilidade de implantação de novas linhas de ônibus no município e a extinção de linhas já existentes. Mestre Pop pede que a Prefeitura informe o prazo para a implantação de uma rotatória no Rio Bonito, no Tatuquara e o motivo da retirada da Unidade Paraná Seguro (UPS) Ludovica, da rua João Goulart, no Tatuquara.

Informações da Câmara Municipal de Curitiba.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*