O que faltou na conversa de Temer com o presidente do Paraguai | Fábio Campana

O que faltou na conversa de Temer com o presidente do Paraguai

Michel Temer e Horacio Cartes falaram de um tudo na visita que o presidente do Paraguai fez ao Brasil. Desde as relações comerciais no Mercosul até intensificar o aproveitamento da Hidrovia Paraguai-Paraná. Mas um assunto ficou de fora: a pirataria. As informações são de Pedro Carvalho na Veja.

Setores de medicamentos, informática, bebidas e cigarros estão mobilizados para ampliar a pressão no governo federal no combate ao contrabando. Por isso isso o tema não ter sido pauta entre os chefes de estado incomoda tanto às entidades que representam o setor. Afinal, já são 130 bilhões de reais de evasão fiscal.


3 comentários

  1. Religioso
    segunda-feira, 28 de agosto de 2017 – 9:00 hs

    Michel Temer é apenas um subproduto da gestão PTista que o Brasil terá que suportar para purgar seus pecados. Melhor ele do que Dilma.

  2. MC JUNIOR
    segunda-feira, 28 de agosto de 2017 – 9:39 hs

    Esse Temer, pensa que é o dono do Brasil, não senhor pode desfazer essa comedia com parte da Amazonas , a floresta é universal não é tua…

  3. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 28 de agosto de 2017 – 10:10 hs

    O contrabando entre o Paraguai e o Brasil, aliás, deveria ser o principal assunto da conversa entre os presidentes. Deixaram de conversar sobre seriedades para abordar mesmices.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*