O Paraná precisa de tantos municípios? | Fábio Campana

O Paraná precisa de tantos municípios?

O Paraná tem 399 cidades. Em todo o estado, a população cresceu 0,7%. Mas em 154 municípios, equivalente a 39% do total, houve queda e a taxa de crescimento ficou abaixo de 1% em quase metade dos municípios (197 ou 49,4%). Apenas em 46 (11,5%) o aumento foi igual ou superior a 1%.
Dados do IBGE mostram que embora a população tenha crescido cerca de 78 mil pessoas, chegando a 11,3 milhões de habitantes, a alta de 0,7% registrada neste ano foi a menor desde 2010. O principal motivo, a queda na taxa de fecundidade.
Como também há, desde muito tempo, uma tendência de mudança de pessoas que moram em cidades pequenas para as maiores, atrás de emprego e educação, Curitiba teve crescimento populacional de 0,76%, passando dos 1,9 milhão de habitantes – só a Cidade Industrial, com 172.822 habitantes, seria a décima cidade em número de pessoas no estado, caso se emancipasse.
Até aí, tudo bem. Mas dos 399 municípios, muitos têm menos pessoas do que um conjunto habitacional grande. Por exemplo, Altamira do Paraná, contabiliza hoje 2.948 pessoas. Cidades nanicas têm toda a estrutura das outras: prefeito, câmara, secretarias, diretorias etc. A quem interessa este tipo de estrutura que consome recursos? Não seria mais inteligente reduzir postos, juntar esforços, repartir responsabilidades, economizar grana e baixar o número de cidades?


5 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 31 de agosto de 2017 – 11:10 hs

    Em 1982 o PR tinha 310 municípios. Hoje tem 399 graças às leis e benesses de algumas pessoas que habitam o quinto dos infernos.

  2. Juca
    quinta-feira, 31 de agosto de 2017 – 11:27 hs

    Isso se deve ao falecido Deputado Aníbal Khury.

  3. falido e ainda mal pago
    quinta-feira, 31 de agosto de 2017 – 11:34 hs

    É óbvio que não precisamos de tantos municípios. Isto só serve para gerar cabides de empregos para apadrinhados políticos que se locupletam com dinheiro público e se perpetuam no poder.

  4. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 31 de agosto de 2017 – 12:24 hs

    Um terço dos municípios do Paraná poderia voltar à condição de distritos e ser administrado por um sub-prefeito.
    Altamira do Paraná, por exemplo, ter a sua estrutura – prefeitura e câmara sustentada por 2.948 moradores é um acinte à lógica, ao bom senso.

  5. Ricardo
    quinta-feira, 31 de agosto de 2017 – 14:49 hs

    Diz a lenda que Anídal desdobrava municipios, abria mais cartórios que ele era o dono, colocava um laranja….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*