Maringá quer comprar vagas em creches particulares | Fábio Campana

Maringá quer comprar vagas em creches particulares

A Prefeitura de Maringá encaminhará à Câmara projeto de lei para autorizar o município a comprar 2,5 mil vagas em creches da rede particular. Até o fim do mês passado, mais de 2,7 mil crianças aguardavam vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) do município.
O projeto foi inspirado em duas experiências similares, uma em Petrópolis (RJ) outra em Esteio (RS).
Mesmo com previsão de construir sete novos Cmeis, ainda haverá déficit de vagas, porque cada um abre novas 200 vagas. Não foi informado quanto a prefeitura está disposta a pagar por vaga.
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá (Sismmar) é contra. Para o problema cotidiano da falta de vagas, a posição da entidade é clara: “A medida configura falta de valorização dos servidores de carreira”. E sugere como solução locação de prédios e contratação de servidores.


2 comentários

  1. nereu vidal cezar, advogado. M
    quarta-feira, 23 de agosto de 2017 – 19:04 hs

    Parabens ao Prefeito Ulisses Maia e sua equipe. Medida intiligente e traz muitas vantagens para o Municipio, principalmente no que tange a contratacao de funcionarios, nao havera necessida de contratar. Para as maes de centenas de criancas, que terao seus filhos acolhidos em creches particulares e poderao trabalhar e assim, ajudar na manutencao de suas familias. Parabens Prefeito Ulisses.

  2. nereu vidal cezar, advogado. M
    quarta-feira, 23 de agosto de 2017 – 19:04 hs

    Parabens ao Prefeito Ulisses Maia e sua equipe. Medida intiligente e traz muitas vantagens para o Municipio, principalmente no que tange a contratacao de funcionarios, nao havera necessida de contratar. Para as maes de centenas de criancas, que terao seus filhos acolhidos em creches particulares e poderao trabalhar e assim, ajudar na manutencao de suas familias. Parabens Prefeito Ulisses.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*