Marcha dos professores | Fábio Campana

Marcha dos professores

Em clima de campanha eleitoral interna, a APP-Sindicato vai marchar nesta quarta-feira, 30 de agosto, da Praça Santos Andrade (Centro) até o Palácio Iguaçu (Centro Cívico), para denunciar o descaso dos governos Michel Temer e Beto Richa com a rede pública de ensino e seus protagonistas. “A retirada de direitos dos educadores não pode passar imune”, pregam os educadores.


6 comentários

  1. Rr
    terça-feira, 29 de agosto de 2017 – 22:43 hs

    Só o Bolsonaro pra dar um jeitinho nesses vagabundos.

  2. Do Interior...
    quarta-feira, 30 de agosto de 2017 – 1:47 hs

    Marcha dos petistas, não de professores.

    Não vão protestar contra a corrupção e o rombo deixado pelo PT também ?

  3. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS.
    quarta-feira, 30 de agosto de 2017 – 8:08 hs

    Não é APP. O nome correto é APT.

    Os professores da Rede Estadual e Municipal em sua grande maioria são afetos ao Sistema Fascista de Governo de Lula da Silva.

    Infelizmente a APP (APT) sempre esteve afinado com o PT e o MST. Como é que poderemos confiar nessas pessoas que estão ai pra ensinar aos nossos filhos??? Lavagem cerebral nas escolas na doutrina Marxcista é o que impera.

    Bando de canalhas, perderam o respeito e a dignidade.

  4. Azedo
    quarta-feira, 30 de agosto de 2017 – 10:44 hs

    Deviam é marchar no pátio das escolas onde deveriam estar dando aula em vez de ficarem enchendo o saco da população TRABALHADORA atravancando as ruas e entupindo nossos ouvidos com seus gritos histéricos e repetitivos (desde 1917 a mesma ladainha vermelha). Bando de inúteis!

  5. henry
    quarta-feira, 30 de agosto de 2017 – 11:28 hs

    FÁBIO, O TÍTULO ESTÁ TOTALMENTE ERRADO (equivocado). O CORRETO É: MARCHA DOS vagabundos DA APpt sindicato.
    OS DESCASOS, DESGOVERNO E ROUBOS PRATICADOS PELOS corruPTos DO pt, ELES NÃO SE LEMBRAM.

  6. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 30 de agosto de 2017 – 12:30 hs

    Sobre o corte de 10 bi em 2015 pela presidAnta, nada dizem. A respeito da colocação do Brasil em 159º lugar no ranking do Ensino num total de 160 países pesquisados, nada dizem.
    Os professores, os que se fazem dignos do título, não devem deixar de aproveitar a oportunidade de apear a direção petista da APP-PT, CUT, MST, PSOL.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*