O pedido de Lula | Fábio Campana

O pedido de Lula

A defesa de Lula quer que os ministros deixem de lado o procedimento eletrônico adotado pela corte em dois de seus pedidos. Por lá, usa-se o “julgamento virtual”, no qual os integrantes do Supremo redigem seus votos, mandam eletronicamente, e o próprio sistema dá o resultado, sem necessidade de se encontrarem.

Em dois casos no qual é citado na delação da Odebrecht, Lula pede para ser julgado em Brasília ou São Paulo, e não por Sérgio Moro em Curitiba. Ele quer que esse pedido seja analisado presencialmente para garantir espaço para seus advogados fazerem a sustentação oral. As informações são do Blog do Lauro Jardim.


3 comentários

  1. Recruta Zero
    sábado, 5 de agosto de 2017 – 11:53 hs

    A Lei não confere aos réus a possibilidade de escolha do Juiz ou Tribunal em que quer ser julgado. A competência para julgamento é definida pelo ordenamento processual penal, ao qual todos os brasileiros,não possuidores das requisitos para o foro privilegiado, estabelecido na Constituição Federal, devem se submeter, sem qualquer distinção. No caso do réu em questão o “esperneio” é tão somente jogada para sua platéia, e nada mais.

  2. Do Interior...
    sábado, 5 de agosto de 2017 – 14:12 hs

    Como sempre, esse senhor querendo ser tratado diferente do que prescreve a lei. Portanto, não respeita a democracia porque quer estar acima das leis e, consequentemente, ao estado de direito.

    É um ditador nato.

  3. sábado, 5 de agosto de 2017 – 14:49 hs

    Esse é o verdadeiro lulamaduro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*