Furtos e roubos em Curitiba | Fábio Campana

Furtos e roubos em Curitiba

A Secretaria Estadual de Segurança Pública divulgou o balanço dos furtos e roubos em Curitiba nos seis primeiros meses do ano. O documento mostra que na maioria dos bairros houve redução nos furtos e roubos. Mas se isso não expressa a sensação da população é porque os dados são feitos de acordo com os registros de boletim de ocorrência. Quando os crimes não são reportados, não podem ser contabilizados.
Veja a lista dos bairros campeões de furtos e roubos nos primeiros seis meses do ano em Curitiba:

Centro – 5.986 ocorrências
CIC – 2.295 ocorrências
Sítio Cercado – 2.000 ocorrências
Boqueirão – 1.390 ocorrências
Portão -1.306 ocorrências
Água Verde – 1.299 ocorrências
Cajuru – 1.196 ocorrências
Pinheirinho – 1.132
Rebouças – 852 ocorrências
Tatuquara – 792 ocorrências
Hauer – 754 ocorrências
Uberaba – 751 ocorrências
Xaxim – 731 ocorrências
Jardim Botânico – 653 ocorrências
Novo Mundo – 652 ocorrências


Um comentário

  1. Mariana
    quinta-feira, 31 de agosto de 2017 – 14:17 hs

    Indecente matéria… os números só podem ser considerados, se fizerem um calculo por m2 de cada bairro x crime. So na área do Centro Politécnico no Jd Américas, ocorrem 100 roubos por mês (600 em 6 meses), e essa informação veio de fonte do 20 Batalhão, responsável pela área. Fora os crimes que ocorrem nesse diminuto bairro de 20 mil pessoas (o Uberaba, tem 88 mil habitantes), então no minimo, é 4,2 vezes maior que o Jd Américas. Para quem sabe fazer contas, 600 crimes no Jd das Américas no semestre, indica no minimo 2520 crimes no semestre, somente nas imediações do Centro Politécnico. O Jardim das Americas que a imprensa está mostrando o caos (a partir da troca do comandante do 20 Batalhao em dezembro, a criminalidade explodiu aqui (porque será?). A SESP precisa aprender fazer contas matemáticas. Abra os olhos, Fabio Campana, e Curitibanos. Triste, muito triste realidade neste bairro…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*