Doação de pessoa física para campanha pode chegar a R$ 48,5 mil | Fábio Campana

Doação de pessoa física para campanha pode chegar a R$ 48,5 mil

Ontem circulou uma nova versão do relatório na comissão especial da Câmara que debate a reforma política. O deputado Vicente Cândido (PT-SP) aumentou os limites de doação de pessoa física e determinou que o valor individual poderá chegar a 50 salários mínimos nas eleições do ano que vem. Cada contribuinte poderá doar até R$ 48.450 em 2018 para cada cargo em disputa: deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente da República. E mais, o doador poderá pode solicitar que sua identidade fique em segredo.
O limite do dinheiro dos próprios candidatos é bem menor: R$ 10 mil. A medida, dizem, é para não permitir que apenas os candidatos ricos tenham chances de se eleger, mas já está sendo apelidada de ‘anti-Doria’, referência a João Doria que no ano passado doou R$ 2,4 milhões para a própria campanha, valor equivalente a pouco mais da metade do total arrecadado.
Essas propostas estão em análise, não compõem as que vão ao plenário hoje, as de hoje tratam de outras sacanagens: criação do fundo eleitoral e do distritão.


3 comentários

  1. Piolho
    quarta-feira, 16 de agosto de 2017 – 10:08 hs

    Quer dizer que É O PT QUEM ESTÁ DITANDO AS NOVAS REGRAS ELEITORAIS?

    Bom, DEPOIS QUE AÉCIO MATOU O PSDB, só sobrou o PT para conduzir o país, já que PMDB e demais partidos valem menos que estrume!!!

  2. BETO
    quarta-feira, 16 de agosto de 2017 – 10:39 hs

    Não faço doação de nenhum centavo pra esse bando de vagabundos.
    Quer exercer a “profissão” de político então que gaste de seu próprio bolso pra se eleger.
    Sou contra colocar dinheiro público pra financiar esses ratos de esgoto.
    Os brasileiros deveriam tomar as ruas contra esta falte de vergonha.

    Calhordas, vagabundos. O Brasil não tem mais jeito mesmo.

  3. Geraldo Martins
    quarta-feira, 16 de agosto de 2017 – 13:49 hs

    A cagada que estão chamando de reformas politicas, só podia ter vindo da cabeça insânia de um esquerdopata.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*