Depois de MG, RJ e RS, é a vez do DF atrasar ou parcelar salários | Fábio Campana

Depois de MG, RJ e RS, é a vez do DF atrasar ou parcelar salários


Os estados enfrentam dificuldades para pagar a folha e o que pesa mais é a Previdência. Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul estão em situação crítica, mas outros estados anunciam que a dificuldade vem aumentando todo mês. Agora é o Distrito Federal que faz uma ginástica mensal para pagar a folha, as aposentadorias e só. Não sobra nada para investimentos e até para o atendimento básico de saúde e educação. As informações são de José Maria Trindade na Jovem Pan.

O governo do DF enfrenta greves e novas ameaças de paralisação, mas o governador Rodrigo Rolemberg admitiu que não tem certeza de pagamento de salários em dia para os próximos meses e prevê parcelamento de salários ou até mesmo o não pagamento de aposentados.

A situação é grave até para quem está no coração do poder e recebe repasses direto da União: “nosso grande problema hoje é a Previdência. A União nos deve R$ 780 milhões, ela reconhece, mas não paga”.

Durante o encontro de técnicos do governo do DF, a avaliação foi de que a receita não cresceu como o esperado e as despesas engoliram o orçamento.


2 comentários

  1. quinta-feira, 17 de agosto de 2017 – 7:11 hs

    Precisamos saber apara onde estao indo os nossos altíssimos impostos,tudo para o bolço dos politicos e seus afilhados,precisamos jogar os nossos politicos nos caminhões de lixo,como na Ucrânia.

  2. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 17 de agosto de 2017 – 13:25 hs

    Aqui isso não aconteceu pôr que nosso glorioso governador meteu a mão nos 7 bilhões da previdência dos trabalhadores.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*