Curitiba mais cara | Fábio Campana

Curitiba mais cara

IBGE divulgou dados sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15). Curitiba é segunda capital com maior índice de inflação no mês de agosto, 0,57%, perdendo somente para Salvador, que registrou 0,59%. No acumulado do ano, a capital paranaense também apresenta o segundo maior índice, 2,10%, perdendo somente para Recife, que teve 2,92%.
Transportes, que inclui o preço da gasolina, e Habitação, puxado pela energia elétrica, são os responsáveis pelos maiores impactos.
Alimentação e bebidas, pelo menos, tiveram um índice de baixa.
Para o cálculo do IPCA-15 os preços foram coletados no período de 14 de julho a 15 de agosto de 2017 e comparados com os vigentes de 14 de junho a 13 de julho de 2017.
O indicador refere-se às famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*