Centrão diz que PSDB é hipócrita e ameaça largar Temer | Fábio Campana

Centrão diz que PSDB é hipócrita e ameaça largar Temer

Painel, Folha de S. Paulo

O programa do PSDB irritou não só a ala do partido que dá suporte a Michel Temer mas também outras siglas da base. A critica ao “presidencialismo de cooptação” ampliou a pressão do centrão para que o Planalto expurgue os tucanos. Líderes do grupo dizem que o presidente está refém de um partido que tem quatro ministros e, ainda assim, vai à TV jogar pedra no governo. O fecho do discurso é o aviso de que, sem resposta à altura, Temer deve rezar para não ser alvo de nova denúncia.

Siglas como PRB, PP e PSD já enviaram seus recados ao Planalto. Em tom grave, dizem que o PSDB age de forma “cínica” e “hipócrita”.

Dentro do tucanato a repercussão do programa partidário também foi péssima. Desde o início da tarde desta quinta (17), ala do partido articulava solicitar o afastamento imediato de Tasso Jereissati (CE), responsável pela peça, da presidência da sigla.

A frase “o programa não me representa” deu a tônica da maioria das falas do PSDB. O deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) resumiu o sentimento da ala que apoia o governo. “Admitir erro é uma coisa, suicídio é outra.”


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 18 de agosto de 2017 – 11:09 hs

    O PSDB é um partido moribundo. Omitiu-se em 2005 no mensalão e borrou-se todo para não impichar Lula. Depois, demorou para embarcar na nau do impeachment de Dilma e ficou no muro esperando. Agora vem com conversa fiada sobre erros e enganos. É um partido em frangalhos, com grandes líderes sob suspeita de corrupção e sem planos concretos para o futuro. Não nega sua origem de uma costela tirada do PMDB, apenas porque desejava mesmo a presidência, ao contrário do PMDB que se contentava em servir a qualquer senhor que desse benesses. No fundo, a diferença entre o PSDB e o PMDB é apenas o S no lugar do M.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*